Documento pode ser assinado no NEA, das das 9h às 11h e das 14h às 17h | Foto: Amanda Vieira/JP

Os candidatos à Câmara de Vereadores de Piracicaba podem formalizar o compromisso com as políticas públicas ambientais por meio de termo de compromisso sustentável, proposto pelo Comdema (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente). O documento está disponível, a partir de hoje (29), no NEA (Número de Educação Ambiental), na rua dr. Maurice Allain, 77, Vila Rezende, na sede do Conselho, das 9h às 11h e das 14h às 17h.


O documento é composto por 13 afirmações, que envolvem assuntos atuais da cidade, como implantação do Fumdema (Fundo Municipal de Defesa do Meio Ambiente); propor medidas legislativas alternativas para os ecopontos, para diminuir a emissão de gases de efeito estufa; estimular medidas de conscientização ambiental, assim como o empreendedorismo sustentável.

Também aborda a fiscalização da prefeitura no cumprimento da legislação ambiental, proposta de projetos para atualização e readequação da legislação ambiental em consonância com as necessidades atuais e estudar, propor, revisar e aprimorar as parcerias público-privadas municipais na área ambiental.

LEIA MAIS:

Os candidatos vão assinar o termo e também deixar o número eleitoral. Se for eleito, o Comdema se compromete em cobrar a prática do compromisso firmado. “Existe bastante candidato [à Câmara] e o que a gente tem percebido é que a maioria deles não fala sobre as questões ambientais da cidade”, comenta a presidente do Conselho, Iraci Vitor Honda.

“Hoje nós estamos vivendo uma situação que o meio ambiente tem que ter muito cuidado, inclusive por conta da covid-19. Hoje os espaços de área verde precisam ser bem cuidados, implantar mais áreas verdes. Teve uma mudança de estilo de vida muito grande. As pessoas buscam mais o ar puro”, complementa.

O Comdema também questionou os prefeituráveis a respeito das propostas para aprimorar as políticas públicas ambiental na cidade. De acordo com Iraci, até ontem (28), seis candidatos haviam enviado as respostas. “A gente está aguardando, porque tem mais uma semana para eles responderem para que a gente possa publicar e colocar em evidência”, informa Iraci.

Andressa Mota

[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

nove + 2 =