Comemoração dos 119 anos da Esalq tem celebração virtual

O diretor Durval Dourado Neto é um dos responsáveis pelas festividades (Foto: Amanda Vieira/JP)

A Esalq/USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz/Universidade de São Paulo) realiza nesta quarta-feira (3), a celebração do 119° aniversário da instituição e, pela primeira vez, será virtualmente em razão da pandemia da covid-19, como explica o professor e diretor da Esalq Durval Dourado Neto, ressaltando o isolamento social que será respeitado pela Instituição e dando detalhes do evento.

“Teremos na parte da manhã a última atividade do segundo titular da Cátedra Luiz de Queiroz, Doutor Marcos Bianchi, que é o professor que coordenou um livro da parceira Brasil e China, escrito em inglês com 12 capítulos, com seis de autores brasileiros e seis de autores chineses”, explicou o diretor, lembrando que essa primeira parte será das 10h às 12h, e os capítulos estão escritos originalmente em inglês.

“Posteriormente terá uma live das comemorações dos seis capítulos escritos pelos chineses, mas ainda sem data definida, já que essa parte ficou sob responsabilidade da CAU (China Agricultural University)”, complementa.

“Logo em seguida teremos dois debatedores e os próprios editores organizando a discussão, na qual três dos seis brasileiros que escreveram capítulos do livro”, enfatizou Durval, ressaltando que o primeiro titular da cátedra é o ex ministro da agricultura no governo Lula, Roberto Rodrigues, que também é bastante conhecido da Esalq, enquanto o terceiro titular da cátedra, que assumirá o posto na parte da tarde é Alysson Paolinelli, ex-ministro da agricultura no período de 1974 a 1979.

Na parte da tarde, as festividades continuam, com a transferência da solenidade remota. “Após uma fala rápida do Roberto Rodrigues, seu neto receberá a estatueta Luiz de Queiroz. Todos os professores catedráticos receberão a estatueta. Posteriormente, o professor João Roberto Spotti Lopes, que é o vice-diretor, falará do currículo do terceiro titular, que ocorrerá após a fala do resumo do segundo titular. E em seguida, encerramos com o Hino Nacional Brasileiro”, explicou Durval.

De acordo com o diretor, a cátedra que assumirá terá duas funções: A primeira é o Projeto Biomas Tropicais, cujo objetivo final será a criação de um livro agricultura irrigada no Brasil. O segundo é ajudar a Esalq a estreitar a aliança com as cinco melhores universidades ranqueadas na ciência agrária, o chamado E-5, atualmente composta pela (ordem da primeira até a quinta): WUR (Wageningen University & Research), da Holanda, University of California Davies (Califórnia, EUA), Cornell University (Nova Iorque, EUA), China Agricultural University (Pequim, na China) e a Esalq.

Mauro Adamoli