Comerciante é preso com arma e cigarros falsificados

Cigarros e dinheiro foram apreendidos (Divulgação)

Policiais civis prenderam um comerciante de 60 anos acusado de porte ilegal de arma de fogo, após o cumprimento de um mandado de prisão cumprido em Capivari, nesta quarta-feira (3). Os investigadores apuravam a denúncia de que o suspeito comercializaria cigarros contrabandeados ou falsificados em seu comércio e residência.

Ainda conforme a polícia, havia denúncia que o proprietário, agora indiciado, estaria ameaçando os clientes de seu estabelecimento com uma arma de fogo. A delegada Maria Luísa Dalla Bernardina Rigolin conseguiu na Justiça os mandados de busca e apreensão, tanto no estabelecimento comercial, como na residência do acusado.

Durante as buscas pelo interior do estabelecimento, os agentes localizaram mais de 12 mil unidades de cigarros. Já na residência do autuado foi localizada uma arma de fogo com cartuchos íntegros
e deflagrados. O celular do acusado também foi apreendido, bem como o valor de R$ 1.989,00,
em dinheiro. O homem prestou depoimento na delegacia e permanece preso até ser apresentado à audiência de custódia. A arma e os cigarros supostamente contrabandeados foram apreendidos e serão periciados pelos peritos do IC (Instituto de Criminalística). A investigação continuará a ser realizada pela Polícia Civil.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha

[email protected]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

7 + 2 =