Comunidade italiana de Santana e Santa Olímpia faz feira de Natal no Parque do Engenho Central

Foto: Flávia Silva Perez

Produtos típicos das colônias trentino-tirolesas de Santana e Santa Olímpia estão à venda no 13º Mercadìn di Nadàl, instalado no barracão 14 do Engenho Central. O acesso ao local é gratuito e o comércio acontece até o próximo dia 5 – para transitar no espaço fechado é obrigatório o uso de máscara como prevenção ao covid-19. A comunidade local de origem italiana oferece guirlandas, bolas de Natal, presépios, velas, imagens sacras, artesanato típico em madeira, tecidos, bordados, crochê, toalhas natalinas, compotas, geleias, mel, doces, pães, bolos caseiros, vinhos, licores, uva, entre outros produtos.

O evento tem origem nos festejos populares do Sul da Alemanha, no século 11. Durante o período de Natal, os artesãos locais comercializavam artigos que remetessem ao nascimento do Menino Jesus e festejassem São Nicolau, popularizando-se nos Alpes e na região tirolesa. Na região trentina, de língua italiana, o mais famoso é o Mercatino di Natale, da cidade de Trento, onde tudo é repleto de simbolismo para lembrar a data, desde os enfeites até o artesanato típico.

FUNCIONAMENTO
Hoje (sábado) o Mercadìn di Nadàl está aberto das 10h às 20h. Amanhã (domingo), das 10h às 17h. Na sexta-feira (dia 3), das 17h às 20h; sábado (dia 4), das 10h às 20h; e no domingo (dia 5), das 10h às 17h. O evento terá continuidade no Salão da Igreja de Santana no dia 10 (sexta-feira), das 19h às 22h; dia 11 (sábado), das 10h às 22h; e dia 12 (domingo), das 9h às 17h.

Cristiane Bonin
[email protected]

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro − um =