Concede faz atendimento híbrido e reinventa seu modelo de negócio

Foto: Divulgação

Com a maioria de clientes idosos, pandemia primeiro impactou, mas em pouco tempo transformou a empresa

A grande maioria das empresas voltadas ao atendimento das pessoas para fazer virar o seu negócio enfrentou, nos primeiros meses da pandemia, um grande impacto de caixa e a projeção pouco otimista quando ao ano de 2020. Na Concede, Soluções em Benefícios do INSS, o “susto” não foi menor e um fato era o mais preocupante do que em outros negócios: o perfil dos clientes é de idosos, o que, em parte, ainda não estavam bem adaptados ao mundo digital.

Com a máxima de que é na crise que as grandes ideias afloram e que a necessidade é que faz submergir soluções antes impensáveis, Matheus Erler, assessor previdenciário e diretor da Concede precisou repensar estratégias para manter à saúde financeira do seu negócio. “Era impossível imaginar que seria possível ter a maioria dos atendimentos de forma digital, pois para a análise de cada caso, era preciso lidar com muitos documentos físicos, como carteira de trabalho”, conta.

A pandemia trouxe então a necessidade de adaptação. A experiência de alguns poucos atendimentos a brasileiros fora do país, a empresa buscou criar protocolos de atendimentos que garantissem a assertividade das análises. “Depois da suspensão total do atendimento, estabelecemos o recebimento de documentos de forma on-line, por fotografias, e-mails, orientamos nossos clientes e conseguimos restabelecer a demanda”, conta Matheus.

Além de definir como uma reinvenção, a nova forma de atendimento se instalou de forma definitiva, fazendo com que o cliente possa optar pela forma que quer assessorado. “O Atendimento híbrido é, além de ágil, um respeito à saúde dos nossos clientes e funcionários e também um legado sobre como é possível, tendo uma equipe dedicada, de se adaptar à situações tão críticas como a que ainda passamos no País”.

A oportunidade de reconhecer no negócio digital uma nova modalidade promoveu o crescimento da Concede. Com a certeza da familiarização do cliente com o mundo digital, a demanda que inicialmente caiu, foi potencializada, estimulando novos investimentos regionais. Com unidades em Rio Claro e Sumaré, a Concede ampliou espaços de atendimentos e seu quadro de funcionários e preparada, para agosto, a inauguração da sua primeira unidade em Campinas.

Para Matheus Erler, apesar da novidade trazida pela pandemia quanto ao atendimento híbrido – ‘que veio para ficar’, Piracicaba é o grande diferencial para o desenvolvimento dos negócios,uma cidade ímpar, acolhedora e fértil para toda boa ideia que tenha no carisma da sua gente a estratégia de sucesso do seu negócio. “Piracicaba é diferenciada. Ela retribui o que nela plantamos. Vivenciamos na região cidades que não tiveramomesmo desempenho em relação à crise e, aqui, também foi difícil, mas possibilitou a muitos negócios a recuperação e reposicionamento rápidos”, enfatiza.

Especial Piracicaba 254 anos

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

4 × dois =