Conheça os 5 melhores grupos alimentares para a terceira idade

Foto: Pexels

O que poucos sabem é que cada fase da nossa vida tem necessidades diferentes

Não é novidade para ninguém que manter uma alimentação balanceada é importante para todos, mas o que poucos sabem é que cada fase da nossa vida tem necessidades diferentes, como, por exemplo, a importância do cálcio para os idosos, já que a maioria sofre com a fragilidade desse órgão.

Durante a terceira idade, é preciso manter algumas atenções redobradas, já que é um período onde é mais fácil de desenvolver certas doenças, como as cardiológicas, diabetes, osteoporose, entre outras, e o auxílio de alguns alimentos podem prevenir os seus surgimentos.

“O consumo de nutrientes e vitaminas se tornou um assunto muito falado durante a pandemia, isso porque as pessoas procuraram formas de aumentar a própria imunidade e a de seus entes queridos, por meios saudáveis, e agora, não dispensam mais certos alimentos, por perceberem como essa mudança de hábito pode melhorar a saúde, principalmente dos idosos”, explica Hellen Araujo, nutricionista da Said Rio, empresa de cuidadores de idosos.

Pensando nisso, a profissional resolveu listar os cinco grupos alimentares indispensáveis no cardápio da terceira idade:

Peixes

Os peixes, principalmente o atum e o salmão, são ricos em ômega 3, que atuam como anti-inflamatório, combatendo e prevenindo doenças como diabetes, esteatose, artrite e muito mais.

Segundo a nutricionista, o indicado é o consumo de um filé, uma ou duas vezes na semana.

Frutas e legumes

Os vegetais de cor verde escuro são ricos em vitamina A, que combatem a perda de memória, característica muito comum em pessoas com mais de 60 anos, além disso, esse grupo contém alto teor de cálcio, que ajuda a prevenir a osteoporose.

Em relação às frutas, elas são indicadas em grande consumo para os idosos, isso porque elas evitam a degeneração celular e o envelhecimento precoce. Além de outras inúmeras vitaminas que auxiliam no funcionamento do organismo.

Aveia

Conhecido no mundo fitness, a aveia tem muitos benefícios para os idosos, em especial, as fibras que ajudam a dar a sensação de saciedade, ajudando na manutenção do peso e regulando o intestino, e a B-glucana, que é um composto capaz de controlar a glicose e reduzir o colesterol.

Uma dica que a nutricionista oferece é a de consumir uma ou duas colheres de farelo de aveia por dia em idosos saudáveis, acompanhado de frutas, leite ou até mesmo como ingrediente em uma receita.

Leites e derivados desnatados

Além de serem ricos em cálcio, o que ajuda a manter a saúde dos ossos, fortalecendo-os, Hellen explica que o consumo na opção desnatado possui menos gordura, auxiliando no controle da pressão arterial, além de serem fontes de proteínas.

Alimentos rico em ferro

Entre as opções desse grupo, estão a carne vermelha, o feijão, grão de bico e a ervilha. Esse grupo é um dos mais importantes, pois o ferro previne a anemia, entre outros sintomas diários, como cansaço, dor de cabeça, e em casos mais sérios, pode atrapalhar as habilidades cognitivas.

“É sempre aconselhável a busca por profissionais da saúde para uma avaliação mais profunda e acompanhamento médico”, finaliza a nutricionista.

Da Redação

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

sete − 2 =