Conselho do Simespi tem foco ambiental, econômico e social

Foto: Arquivo/SIMESPI

Comespi (Conselho da Mulher) mostra sua força e ganha espaço em ambiente ainda dominado por homens

A indústria, especialmente no segmento metal-mecânico, continua sendo um setor com presença majoritariamente masculina. As mulheres, entretanto, avançam na ocupação desses espaços e dão significativas contribuições. Com o apoio do Simespi, o Comespi (Conselho da Mulher Executiva) é um bom exemplo disso.

Hoje sob a coordenação de Elisângela Libardi, o Comespi surgiu em meados dos anos 2000 como iniciativa para aproximar da entidade e integrar as esposas dos diretores. “Com o tempo, o grupo — composto atualmente por 13 conselheiras — ganhou um propósito mais profissional e hoje atuamos no aconselhamento à diretoria sobre assuntos relacionados ao meio ambiente, à economia e ao social”, conta Elisângela, que tem a consultora ambiental Tatiana Koroiva como vice-coordenadora, e a advogada Ana Paula Crivellari Caneva para secretariar o grupo.

Com o distanciamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus, o Comespi passou a fazer suas reuniões quinzenais em ambiente digital. “Todo o nosso planejamento para 2020 foi bruscamente afetado pela pandemia. Tivemos que nos adequar a essa nova realidade e estamos nos adaptando”, conta Elisângela. As lives passaram a ser uma opção para falar com o público, a exemplo do que aconteceu no resto do mundo, e o Comespi criou uma pauta consistente para auxiliar as pessoas a atravessar esse momento. “Sentimos a necessidade de abordar temas como resiliência e flexibilidade, por exemplo. Tem sido muito desafiador para todos nós compreender essa nova realidade, e penso que é papel do Comespi apoiar, sugerir, promover iniciativas que sejam positivas e motivadoras, principalmente para as mulheres, que acabaram sentindo a sobrecarga de responsabilidade que essa crise trouxe”, afirma a coordenadora.

Otimista, Elisângela vê que o Comespi abre cada vez mais espaços para a atuação das mulheres no setor industrial. “A entidade entende a importância disso e dá todo o seu apoio”, completa.

Especial Simespi 30 anos

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

15 − 12 =