“Em caso de instabilidade financeira, contratação de vendedores fica para novembro”, disse Pousa. (Foto: Amanda Vieira)

As tradicionais contratações de temporários realizadas anualmente pelo comércio no final de ano, quando há um aumento nas vendas e o setor funciona em horário especial, ainda seguem indefinidas em Piracicaba. De acordo com o presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Piracicaba, Reinaldo Pousa, ainda não há perspectiva de contratação por causa da crise no país e também situação ocorrida no mês passado, quando as lojas permaneceram fechadas no feriado de 7 de setembro, que caiu em um sábado.

“É preciso ter a preocupação com o emprego, manter os lojistas e as vendas, então o que a gente tem hoje é precaução”, avaliou acrescentando que antes de pensar em contratar mais funcionários os lojistas estão preocupados “em manter os atuais postos de trabalho no comércio”.

Segundo Pousa, o início das contratações dos temporários será definido em novembro após a avaliação do desempenho do comércio no mês de outubro. Neste mês, o dia 12 (Dia das Crianças) também será em um sábado, o que será um termômetro para o calendário do comércio no final de ano.

No sábado, 12, o comércio vai abrir até as 16h e na sexta- -feira (11) as lojas permanecerão abertas até as 22h. “No começo de novembro é que vai ser avaliado se houve uma melhora no mês anterior para ver se vai arriscar e contratar mais no mês de dezembro”, afirmou Pousa.

“Esperamos que realmente consiga manter o nível de vendas bom no dia das crianças e pensar em crescimento para dezembro”, projetou.

Pousa disse que será feito o monitoramento do comércio antes e pós Dia das Crianças. Para isso, uma enquete será feita com os lojistas antes e depois da data, para ver o que mudou e ai poder definir o que será feito no início de novembro.

Segundo o presidente da CDL, quando a perspectiva é boa, a contratação de temporário começa a ocorrer em outubro.

Em caso de instabilidade financeira como agora, o reforço no quadro de vendedores fica para novembro e, em último caso, contrata- -se apenas em dezembro. “Em alguns casos a contratação começa em outubro, cerca de 20%, para quando chegar dezembro, o vendedor esteja bem preparado”, afirmou Pousa. O presidente da CDL reforça que, nos últimos anos, “as contratações já vêm ocorrendo em novembro”

Beto Silva
[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

onze − 9 =