Cortes femininos são referência de personalidade e liberdade

Rene Moraes, fala de cortes que vão de clássicos a modernos e que fazem sucesso entre as mulheres. (Foto: Amanda Vieira/JP)

Desde as madeixas naturalmente glamourosas até os penteados mais bem elaborados, passando também pelas transformações recentes em corte e químicas, cabelo para a mulher é também sinônimo de empoderamento. O estilo adotado diz muito sobre a personalidade feminina e as muitas possibilidades podem inspirá-las neste mês das mulhereres.

Rene Moraes, do Rene Moraes Cabeleireiros, em Piracicaba, comenta sobre as tendências de cortes que vão desde clássicos, como chanel e bob, até os mais modernos. Afinal, esses cortes charmosíssimos vêm de muito tempo atrás e, segundo a previsão da moda, vai continuar fazendo a cabeça das mulheres ainda por bastante tempo”.

Para as mulheres que querem experimentar um corte de cabelo curto, Moraes logo revela que é um estilo que combina com todos os formatos de rosto. “Não tenha medo de apostar em alguma dessas opções”, comenta.

Especificamente para 2021, Moraes cita duas tendências. “Uma que valoriza o volume dos cabelos, ondas e repicados. A outra é o oposto, com cortes super retos e bem alinhados. Para quem tem cabelos crespos ou cacheados a tendência é o volume e as camadas”.

Como ressalta o cabeleireiro, mudar o corte do cabelo ajuda na autoestima. É ‘poderoso’, ele aponta. “Mudar o visual é sempre um poderoso remédio para a autoestima e, em tempos de pandemia, isso tem sido a principal opção das mulheres para buscar fugir do tédio e se sentir melhor. Temos muitos casos aqui no salão de mulheres que abandonaram cabelos longos para se apoderar nos curtos até mesmo mudanças radicais de cor”.

Moraes ainda fala sobre cortes de cabelos cumpridos. Para o cabeleireiro, é igualmente, assim como os cortes curtos, elegantes. “Os longos ainda são os queridinhos das mulheres em países mais tropicais, como o Brasil, pois remetem um ar sensual e muito poderoso também”.

Sobre mudar o corte mesmo em tempos de pandemia, Moraes opina que de forma alguma é um problema, mas sim um zelo exemplar de beleza e bem-estar. “As mulheres realmente estão buscando mudanças como nunca, mas o que mais percebo no dia a dia do salão é a busca pela praticidade unida ao bem- -estar, como se estivem realizando seus próprios desejos e se preocupando menos com tendências ou padrões. Acredito que seja a conquista da liberdade, a maior tendência pra 2021”.

Erick Tedesco

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

11 + 15 =