Número de internações aumentou significativamente | Foto: Claudinho Coradini/JP

Piracicaba passa por um novo pico da pandemia da covid-19. Desde domingo (29), de acordo com boletim divulgado diariamente pela SMS (Secretaria Municipal de Saúde), já são 548 novos casos positivados e este número reverbera nos leitos para acometidos pela doença do novo coronavírus nos principais hospitais da cidade. A média da taxa de ocupação destes espaços na Santa Casa de Misericórdia, Unimed Piracicaba e HFC (Hospital dos Fornecedores de Cana), voltou a subir para cerca de 75%.

Na Santa Casa, de acordo com a assessoria de imprensa da entidade filantrópica, a taxa atual de ocupação de leitos para pacientes com covid-19, na UTI e na enfermaria, é de 70%. O HFC está com 40% de ocupação de UTI e 80% de enfermaria, enquanto a Unimed Piracicaba registra 77,78% de ocupação na UTI e 25% na enfermaria.

Ontem, a Santa Casa de Piracicaba ressaltou que vai reforçar os cuidados com relação à covid-19. De acordo com o infectologista Hamilton Bonilha de Moraes, diferente do período inicial da pandemia, entretanto, desta vez há mais tranquilidade no enfrentamento da doença em função das normas, protocolo e fluxos já estabelecidos pela instituição para pessoas que chegam com suspeita ou sintomas associados à covid-19.

“Vamos manter o uso obrigatório de máscaras por todos os que tiverem acesso ao ambiente hospitalar; reforçar a utilização de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), restringir as visitas e manter o rigor dos fluxos e protocolos diferenciados estabelecidos com base nas diretrizes do MS (Ministério da Saúde) e da OMS (Organização Mundial de Saúde)”, disse Bonilha.

O HFC também revelou por meio da assessoria que intensificou as medidas de segurança neste momento em que mais casos positivados são confirmados. “Hoje já entendemos melhor o comportamento da doença, introduzimos medidas efetivas para controle da doença de forma mais precoce e já antevemos melhor os casos com maior risco de complicação”, apontou em nota.

Na Unimed Piracicaba, a assessoria do hospital informou que já está em andamento um plano de contingência, para ampliação do atendimento especial à pacientes e pessoas com eventuais sintomas de covid-19.

ATUALIZAÇÃO DE CASOS

Piracicaba registrou mais três óbitos, segundo o boletim da secretaria de Saúde divulgado ontem. São dois homens (89 e 93 anos) e uma mulher (66 anos), num total de 383 mortes locais em decorrência da doença. Além disso, são 127 novos casos positivados: 65 homens, com idades entre um e 70 anos, e 62 mulheres, entre seis e 70 anos. Com estes números, a cidade chega a 19.025 casos confirmados.

O botim também registra que a hospitais da cidade cuidam, hoje, de 1.180 casos suspeitos e 935 pessoas estão em tratamento. Ao todo, desde o início da pandemia, 42.704 casos já foram descartados e 17.707 casos recuperados.

Erick Tedesco

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dez − sete =