Criminosos invadem o Caps-AD pela terceira vez neste mês

O Caps (Centro de Atenção Psicossocial), na Vila Cristina sofreu mais uma invasão. Funcionários da unidade, que fica a 400 metros da base da Guarda Civil, chegaram ao trabalho, ontem de manhã e constataram o furto. Vândalos cortaram os cabos de computadores levaram as torneiras dos banheiros, alimentos, panelas, rádios e botijão de gás.
A Prefeitura de Pioracicaba, por meio da Secretaria de Saúde, informou que está fazendo um levantamento dos objetos furtados e dos estragos feitos no local. Comunicou ainda que já providenciou a abertura de licitação para a colocação de alarme e câmeras de segurança naquela unidade. A Guarda Civil foi notificada, por meio de ofício na manhã de hoje, visando a reforçar a vigilância do Caps-AD, no bairro Vila Cristina. O atendimento na unidade não foi interrompido.
INVASÕES
Foi a terceira invasão registrada na unidade, somente neste mês. Semana passada, criminosos furtaram o ar condicionado e luminária. Já no dia 4, os suspeitos furtaram remédios, equipamentos, cortaram cabos de computador e impressora de alta capacidade, que foram doados há poucas semanas pelo Rotary Club Piracicaba Luiz de Queiroz e o Rotaract Luiz de Queiroz.
Além da bagunça, que encontraram no local, eles também constataram que os envolvidos defecaram em uma pia da unidade, abriram caixas de máscaras usadas pelos agentes e estragaram alimentos que eram oferecidos aos assistidos.
CAPS-AD
A unidade oferece tratamento para pessoas com transtornos mentais relacionados ao uso de álcool e outras drogas, que também podem estar associado a quadros de depressão, comportamento e ideação suicida, transtornos de ansiedade, de personalidade e de humor. O público atendido em sua extensa maioria é formado por pessoas em situação de vulnerabilidade social e SUS-dependente.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha
[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

15 − catorze =