Crochê: a temporal da cabeça aos pés

Estilista traz dicas de como usar o crochê em composições cheias de estilo para entrar com tudo no verão

Por muitos o crochê é definido como atemporal, ou seja, nunca sai de moda. Recentemente este estilo está a ganhando novos fãs e preenchendo espaço nos armários femininos, principalmente das jovens, pois o crochê combina em todas as quatro estações do ano.

O motivo de sua popularidade e praticidade é que o crochê, sendo com cores neutras ou vibrantes, é responsável por dar um toque especial nas composições, além de remeter à elegância e jovialidade. Pensando nisso, a estilista e empresária ítalo-brasileira, Anne Garcia, traz dicas de como explorar as peças, ensinando a montar composições cheias de estilo.
Para a estilista, o crochê pode ser usado em qualquer ocasião e em todas as épocas do ano, pois são peças leves, elegantes e que combinam facilmente em diversas composições por não, necessariamente, serem chamativas apesar dos destaques sutis e elegantes das costura. “Muitas pessoas associam o crochê ao inverno, mas isso ficou para trás há muito tempo. Hoje em dia encontramos tops, croppeds, vestidos e até biquínis produzidos com fios de algodão e lã. Basta escolher o que mais te agrada”, comenta Anne Garcia.

Segundo a empresária, o crochê é considerado um ótimo investimento, visto que a peça não sai de moda e é repleta de combinações e possibilidades. A principal dica é saber escolher cores que poderão ser usadas em diferentes ocasiões. “As cores neutras não tem erro. Se for um casaco de crochê, por exemplo, opte por tons pastéis, pois você poderá abusar das cores mais vibrantes nas roupas utilizadas por baixo”, explica a estilista. Para quem ama acessórios, a estilista comenta que brincos, colares e bolsas em crochê estão em alta só cuidado para não exagerar nas combinações

Larissa Anunciato
Email: [email protected]


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

18 − nove =