Curada, 1ª doente de covid-19 em Piracicaba retornou à Itália

Turista teve os primeiros sintomas seis dias após desembarcar no Brasil para rever seus familiares. (Foto: Amanda Vieira/JP)

Em 27 de fevereiro de 2020, Piracicaba registrava seu primeiro caso suspeito de covid-19. A paciente, uma mulher de 37 anos, residente em Milão, na Itália, chegou à cidade seis dias antes para visitar parentes. Após apresentar os sintomas da doença, ela buscou atendimento na rede pública e permaneceu em isolamento domiciliar. Os exames colhidos da paciente foram encaminhados ao Instituto Adolfo Lutz, na Capital, até então única instituição credenciada para a realização dos testes.

O Jornal de Piracicaba publicou o primeiro caso de covid-19 na cidade com exclusividade.

Hoje, a turista está curada da doença e retornou à Itália, segundo informou a Secretaria de Saúde de Piracicaba na sexta-feira.

Na época, a confi rmação da suspeita em Piracicaba elevou para 85 o total de casos no Estado de São Paulo. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, do total de suspeitos em São Paulo, a maioria tinha histórico de viagem à Itália (55); os demais passaram pela Espanha (2), Singapura (1), Portugal (1), Alemanha (6), França (4), China (2).

Além desses, houve um paciente que passou por diversos países da Ásia. Além dos sintomas respiratórios, os pacientes tinham histórico de viagem ou contato com caso suspeito. Entre as 85 pessoas, 47 moravam na capital paulista.

O primeiro caso de covid-19 no Estado de São Paulo foi confi rmado no dia 25 de fevereiro de 2020. O homem era morador da Capital e esteve na Itália em fevereiro. Ele retornou ao Brasil no dia 21 e apresentou sintomas suspeitos, como tosse, coriza e febre, compatíveis com a suspeita da doença.

Desde o primeiro caso de covid-19 confirmado em Piracicaba, em fevereiro do ano passado, até a última sexta- -feira, a Secretaria de Saúde de Piracicaba registrou outros 32.236 infectados. Nesse período de quase um ano, 484 pessoas morreram vítimas da doença na cidade até a sexta-feira, quando a pasta registrou 215 contaminados pela doença, sendo 103 mulheres (com idade entre seis e 85 anos) e 112 homens (entre dois e 89 anos) .

O município também registrava, neste dia, 29.413 pessoas recuperadas da doença, 2.340 pessoas em tratamento, 3.156 casos suspeitos e outros 61.871 descartados.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dezesseis − quinze =