Dedini 100 anos: Capacitada para fundir as peças mais pesadas do Brasil

Sede tem capacidade produtiva de até 40 mil toneladas (Foto: Acervo Dedini)

A Fundição Dedini iniciou suas atividades na década de 1920 e sua atual instalação opera desde agosto de 2002. Hoje, possui uma capacidade produtiva de até 40 mil toneladas/ ano, estando apta para produzir peças em aço, ferro e bronze de 50 Kg a 45 toneladas. A Dedini tem hoje a fundição com a capacidade de fundir as peças mais pesadas do Brasil.

O superintendente de negócios da Fundição, Sinval Marcos de Carvalho Loyolla, explica que 70% das peças produzidas atendem ao principal mercado da empresa, de açúcar e etanol, e 30% da produção se divide entre os segmentos de lingotes e peças destinados aos fabricantes de máquinas, usinas de hidrogeração, mineração, cimento, siderúrgico e outros.

Além de atender o mercado interno, essas peças são exportadas para os Estados Unidos, Canadá, Suécia, França, México e vários países das Américas Central e do Sul.

As instalações modernas e os investimentos significativos em processos e equipamentos, para a melhoria dos sistemas de gestão da qualidade e do ambiente, fizeram da Fundição Dedini uma importante referência no mercado de fundição, tanto no Brasil quanto no exterior.

E os trabalhos da Dedini Fundição são executados por meio de cinco linhas de produção independentes, que são: a A Fundição Leve, onde são produzidas peças em ferro e aço (95% aço), de 100 a 3.000 Kg, para o mercado de Açúcar e Etanol, sendo atendida por uma aciaria com dois fornos fusores de 3,5t e 5,5t à indução. Essa linha possui dois misturadores móveis de areia, dois equipamentos de jato de granalha automáticos e 4 fornos de tratamentos térmicos, produzindo em média 2.500 t/ano de peças.

Fundição de bronze – produz peças em bronze para o mercado de álcool e etanol, de 50 a 1.000 Kg, sendo atendida por um forno fusor de 1t, à indução. Essa linha possui um misturador de areia fixo, com produção anual de 250 t.

Fundição de Camisas de Moenda – produz camisas pelo processo coquilhado (molde metálico) de 3t a 35t, em ferro fundido cinzento e ferro fundido nodular, sendo atendida por um forno fusor a arco de 35t e um misturador fixo de areia de 20t/h. Produz 12.000 t/ano de peças.

Fundição Média e Pesada – produz peças em ferro e aço, de 3t até 45t, atendida pelo mesmo forno a arco que atende às camisas de moenda. Essa linha possui dois misturadores de areia móveis de 60 e 30t/h, duas cabines automáticas de jateamento à granalha de aço e três fornos de tratamento térmico com capacidade até 100t. Produz 2.000 t/ano de peças pesadas.

Fundição de lingotes – são produzidos lingotes para o mercado de forja e matrizes, em aços especiais, pelo processo de lingotamento. Essa linha é atendida pelo mesmo forno a arco da linha de camisas, um forno panela de 35t e um forno a vácuo VD/VOD também de 35t. Produz 5.000 t/ano de lingotes.

Em 2019, a Dedini Fundição recebeu duas certificações, que vão refletir no desempenho da empresa nos mercados naval e de óleo e gás, tanto no Brasil quanto no exterior. Segundo Loyolla, com essas certificações, o propósito foi tornar a empresa apta tecnicamente para atender mercados nacionais e globais de óleo e gás, altamente qualificados e exigentes, e concorrer em igualdade com outras grandes empresas do segmento.