Deic frustra tráfico de drogas por delivery no Paulista

Cão ajudou na localização da droga (Divulgação)

Um rapaz de 22 anos foi preso pela Polícia Civil, após ser acusado de praticar tráfico de drogas por delivery, por meio de mensagens pelo WhatsApp.  Ele foi localizado, ontem, no  bairro Paulista, pela equipe da 2ª Dise/Deic (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes da Divisão Especializada de Investigações Criminais).  

Negociação sobre o tráfico era feita pelo WhatsApp (Divulgação)

Durante investigações, os policiais conseguiram identificar o suspeito que negociava a entrega de drogas pelo aplicativo. Eles se posicionaram em um local estratégico em uma viatura descaracterizada e flagraram o momento em que entregava algo e recebendo dinheiro em troca. Os agentes passaram informações do alvo das investigações para outra equipe, que realizou a abordagem na confluência das ruas João Conceição com da Glória, após fechamento do trânsito, o veículo fora interceptado e abordado. Foram apreendidos 298 porções de maconha e cocaína, além de R$ 900.

EAGLE

Em outra ação realizada ontem, pela mesma equipe   na Comunidade da Portelinha, com o auxílio do cão de faro da instituição Eagle, os policiais civis apreenderam 51 trouxinhas de maconha, duas porções de crack,  R$ 1.148, balança, material plástico e alumínio para embalagem, na casa de um suspeito de tráfico. No momento da abordagem o responsável pelos entorpecentes não estava em casa, somente a mãe dele. No entanto, quando os policiais já estavam de saída, ele teria se apresentado e confessado que as drogas lhe pertenciam. Ele foi preso e autuado em flagrante por tráfico de drogas.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha

[email protected]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

4 × quatro =