Deic: técnico de informática é detido por armazenar mais de 1,2 mil arquivos sobre abuso infantil

Equipamentos com os arquivos foram apreendidos (Divulgação/Deic)

Um técnico de informática de 53 anos foi detido nesta terça-feira, no Nova América durante a Operação Deusa Ártemis. Na casa dele, os policiais civis da 3ª Delegacia de Homicídios da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais) encontraram computador e HD com mais de 1,2 mil arquivos sobre abuso infantil. De acordo com a polícia, as vítimas são crianças e pré-adolescentes de idades variadas.

Segundo a corporação, a operação foi deflagrada com foco ao combate ao compartilhamento de material de cunho sexual envolvendo crianças e adolescentes. Após um minucioso trabalho de investigação desenvolvido pelos policiais da Deic, o suspeito foi identificado. Ele já estava sendo monitorado enquanto utilizava de programas na internet para compartilhar tal tipo de material.

A delegada Juliana Ricci, que coordenou as investigações conseguiu na Justiça o mandado de busca e apreensão para a casa do acusado. Os policiais da delegacia especializada junto com o Setor de Inteligência da 2ª DIG (Delegacia de Investigações Gerais) estiveram na casa do suspeito e localizaram cerca de 18 GB de material contendo abuso infantil, o que totalizou cerca de 1.242 arquivos contendo os arquivos.

O homem foi conduzido a sede de Deic, onde foi autuado em flagrado. Mas de acordo com a autuação legislação, como não tinha antecedentes criminais, ele pode ser beneficiado em responder a acusação em liberdade, após o pagamento de fiança arbitrada em R$ 1,5 mil. Os policiais confirmaram, que na verdade, o acusado armazenava os arquivos, mas não compartilhava. O pagamento da fiança foi realizado pela esposa do investigado.

“Trata-se de um crime repugnante, que merece toda a repressão possível”, disse o delegado divisionário da Deic, Wilson Lavorenti.

OPERAÇÃO DEUSA ÁRTEMIS

De acordo com a Polícia Civil, o nome da operação tem referência a Deusa Ártemis, a qual é uma deusa grega da lua, da castidade, da caça e dos animais selvagens. Era a irmã gêmea de Apolo e é a filha de Zeus e Hera. É cultuada por proteger as crianças, os jovens e livrar as mulheres dos infortúnios femininos.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha

[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

16 − 4 =