Deputada Bebel critica falta de regulamentação: “trampolim para o nosso governador”

Foto: Divulgação

Nos 255 anos de Piracicaba, parlamentar do PT diz que deseja que cidade se desenvolva mais na área social

Em um processo eleitoral tenso que se avizinha, a deputada estadual pelo PT, Maria Izabel Azevedo Noronha, a professora Bebel, não poupa críticas à situação atual do país. “O desmonte das políticas públicas e dos avanços sociais conquistados em 14 anos de governos petistas foi praticamente total. Na realidade, em algumas áreas nosso país retrocedeu décadas”, afirma.

Em nível estadual, também questiona a não regulamentação da lei que criou a Região Metropolitana de Piracicaba. “Votei pela criação da RMP, mas alertei que é preciso ter um projeto, com recursos e financiamentos para que seja instrumento de desenvolvimento econômico regional pujante, a partir da vocação econômica de cada município e das suas universidades, inclusive com o fortalecimento do turismo cultural, que é imensamente rico na região. Como isso não ocorre, na prática continua sendo um aglomerado urbano, e, pior, vem sendo usado como trampolim para o governador do Estado, que é candidato às eleições deste ano”, diz.

Para a nova idade de Piracicaba, a petista exalta as potencialidades da cidade. “Piracicaba é referência em muitas áreas e podemos ser ainda mais. Aqui temos um parque industrial pujante, universidades referências no país, uma forte agricultura, temos serviços de primeira linha, temos importantes atrações turísticas e culturais e somos polo de uma grande importante região metropolitana”.

Sobre as carências da população, Bebel cita que é preciso retomar uma política de geração de emprego e renda. “É preciso retomar políticas sociais que permitam ao povo alimentar-se e garantir às famílias o mínimo necessário a uma vida digna”.

PROJETOS
A deputada fez um balanço do seu mandato ao JP. “Até agora, já protocolei 75 projetos de lei, 13 projetos de decreto legislativo, sete projetos de resolução, 13 emendas à Constituição Estadual, 46 indicações, 24 moções, 112 requerimentos, 3.292 emendas e substitutivos, 10 pareceres e cinco projetos de lei complementar. Fui a única deputada da região que se colocou contrária à concessão de rodovias da região, com a colocação de praças de pedágios nas SP-304, entre Piracicaba e Águas de São Pedro, e São Pedro e Santa Maria da Serra, assim como na SP-308, entre Piracicaba a Charqueada. Também fui única da região que votei contrária ao aumento do ICMS, quando o então governador João Doria propôs retirar subsídios de diversos produtos, muitos deles que alimentam a população”.

Sobre emendas que beneficiaram a cidade, Bebel destaca que nesses quase três anos e meio de mandato, “já garantiu recursos para a Santa Casa de Piracicaba, Hospital dos Fornecedores de Cana, escolas estaduais, assim como para garantir mais segurança no aeroporto Pedro Morganti. No total da região metropolitana, passam dos R$ 10 milhões”.

A parlamentar, que preside a Apeoesp, também defende que as escolas públicas retomem protocolos sanitários contra a covid-19.

ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS
E o que Bebel espera das eleições presidenciais deste ano? “O próximo presidente precisa, em primeiro lugar, respeitar e servir ao povo. Precisa revogar a Emenda Constitucional 95, acabar com o teto de gastos e voltar a investir em políticas públicas. Precisa rever programas de privatização de empresas. Precisa revogar as antirreformas impostas por Temer e Bolsonaro, como a reforma trabalhista e reforma da previdência; valorizar os servidores públicos e investir na extensão e melhoria dos serviços públicos. Retomar as obras de infraestrutura em todo o país. Aprofundar parcerias com estados e municípios e, assim, avançar no regime de colaboração entre os entes federados, previsto na Constituição, em benefício do povo brasileiro. Precisa retomar a posse sobre nossas reservas de petróleo e gás, investindo esses recursos na educação e na saúde. Trata-se de reconstruir o nosso país. Nada mais, nada menos”, afirma Bebel.

Nani Camargo
Especial para o JP

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

13 + 15 =