Deputado Roberto Morais destina R$ 300 mil de emenda parlamentar à Santa Casa

Parlamentar também tem pressionado do governador João Doria para acabar com o corte dos 12% às Santas Casas. | Foto: Divulgação

A Santa Casa de Piracicaba vai ser beneficiada com R$ 300 mil provenientes de emenda parlamentar de autoria do deputado estadual Roberto Morais (CID). A verba chega em momento importante em meio a pandemia do novo coronavírus, de acordo com o provedor da instituição, João Orlando Pavão e será usada para a aquisição de equipamentos, no sentido de proporcionar e manter a todos os usuários do SUS  (Sistema Único de Saúde) uma assistência à saúde de qualidade e segurança no que concerne a todo tratamento integral ao paciente, por meio de cuidados específicos, individualizados e humanizados.

“A emenda parlamentar é um poderoso instrumento de alocação de recursos públicos garantido aos senadores e deputados federais e estaduais em relação aos orçamentos da União e dos estados”, explica o provedor, ao salientar ainda que, todos os anos, os governos federal e estadual precisam elaborar projetos de lei orçamentária que determinam os gastos no ano seguinte. “É nesse momento que as emendas parlamentares podem ser apresentadas, propondo alterações no orçamento”.

De acordo com provedor, o deputado Roberto Morais tem sido um grande parceiro da Santa Casa. “Desde que foi eleito, em 1999, o Roberto tem apoiado a Santa Casa por meio da destinação de recursos financeiros por intermédio de emendas ao orçamento do Estado que garantiram cerca de R$ 4,3 milhões ao Hospital, proporcionando investimentos em setores como UTIs adulto, UTI Neonatal, UTI Pediátrica, UTI Cardiológica, Centro Cirúrgico, Maternidade, Central de Esterilização de Materiais, Lavanderia Hospitalar e Unidades de Internação”, salienta.

O deputado fez questão de salientar que tem como principal bandeira a Saúde e que a Santa Casa de Piracicaba está entre as instituições que procura auxiliar por meio de emendas, todos os anos. “Faço porque sei da seriedade do trabalho desempenhado e da quantidade de pacientes dos SUS que são atendidos, além da transparência em sempre nos enviar a prestação de contas para onde a verba destinada foi utilizada”, enfatiza.

FIM DO CORTE DE 12%

O deputado Roberto Morais também afirmou ter ‘abraçado’ o movimento pelo fim do corte de 12% no repasse de verba para atendimentos SUS às Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, feita pelo o governo do Estado.“Assim que voltamos do recesso na Alesp (Assembleia Legislativa) fiz um documento ao governador (João Doria – PSDB), pois esse contingenciamento é inadmissível para a área da Saúde em plena pandemia, principalmente às santas casas e hospitais filantrópicos que mais de 70% dos atendimentos nessas unidades são para pacientes SUS”.

Atualmente, a Santa Casa de Piracicaba oferece serviços de internação e ambulatoriais de média e alta complexidade a seus pacientes. O hospital mantém uma média mensal de 1000 internações SUS, gerando cerca de 4.550 diárias mês, 150 pacientes dia. Em 2020, a unidade realizou um total, de 500 cirurgias/mês, sendo 280 cirurgias/mês SUS. O hospital registra também uma média de 25.833 atendimentos ambulatoriais/mês, sendo mais de 86% deles direcionados ao SUS.

Da Redação

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

18 − 8 =