Diocese dá início a campanha de arrecadação e distribuição imediata de agasalhos e cobertores

Foto: Claudinho Coradini/JP

Em um dia, Operação Inverno acolheu 54 pessoas em situação de rua em abrigos emergenciais

A Diocese de Piracicaba, em parceria com o projeto Exército de Formiguinhas, iniciou a Campanha do Agasalho 2022. A meta deste ano é superar o número de 6,000 mil peças de roupas e cobertores entregues em 2021. A distribuição das doações já começou e vai seguir simultaneamente à arrecadação, pois as temperaturas caíram significativamente e já existem inúmeros pedidos de famílias que vivem em comunidades carentes, conforme informou a Diocese.

As doações de agasalhos e cobertores, preferencialmente em bom estado, podem ser feitas em qualquer paróquia da Diocese, após as missas e nas secretarias paroquiais, ou na sede da Cúria Diocesana, na avenida Independência, 1.146, das 8h às 11h30 e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira.

“O frio está bastante intenso nestes dias e, como cristãos, somos chamados a realizar gestos concretos de amor a Deus e ao próximo. Ajudar aqueles que mais precisam é dizer sim a este chamado”, disse Dom Devair da Fonseca.

No início desta semana, antes mesmo do lançamento oficial da campanha, foram distribuídas cerca de 500 peças às comunidades. “Geralmente cada família precisa de mais de um cobertor. Então conseguimos atender perto de 230 famílias, nesses primeiros dias, em locais como Bosques do Lenheiro, Renascer, Godinho e Frederico, além de moradores de rua. Precisamos de muito mais”, destacou a coordenadora do Exército de Formiguinhas, Débora Ferraz.

Ela informou que, somente em Piracicaba, há pedidos também de pessoas carentes em diversas outras comunidades. Mais informações podem ser obtidas pelo WhatsApp 19 99600-4362.

Com o início da Operação Inverno realizada pela prefeitura, nesta terça-feira (17) 54 pessoas em situação de rua foram acolhidas nos abrigos emergenciais do Centro Paralímpico e Núcleo de Acolhimento Califórnia.

O Centro Pop é a porta de entrada para os serviços da assistência social e segue com as atividades de encaminhamentos para a rede intersetorial, além da oferta de banho, café da manhã, guarda de pertences e espaço para lavar as roupas. No momento não há como quantificar a procura pelos abrigos.

AJUDA DO BEM E JP
Até 1º de julho, os voluntários do grupo solidário Ajuda do Bem estão arrecadando roupas de frio e cobertores. O grupo também arrecada alimentos não perecíveis, itens de higiene pessoal – de pasta de dente, sabonete a sabão em pó. A ação tem o apoio do Jornal de Piracicaba.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

16 − quatro =