Discussão termina com troca de tiros e dois mortos em avenida de Piracicaba

Uma discussão, por volta das 05h20 desta segunda-feira (11), numa das principais avenidas de Piracicaba (SP), terminou com dois mortos. O caso ocorreu na avenida Cássio Paschoal Padovani, no bairro Morumbi, a poucos metros do Hospital da Unimed.

De acordo com informações apuradas no local, a discussão entre os indivíduos teve início dentro de um veículo Renault Clio, de cor cinza, ocupado por cinco pessoas. Ao chegar na altura do numeral 600 da avenida, o motorista do veículo teria sacado uma arma de fogo e alvejado um dos passageiros no banco traseiro. Na sequência, um passageiro que também estava no banco traseiro, conta que conseguiu tomar a arma das mãos do motorista e sair do veículo. Na sequência, ele alvejou mais dois dos ocupantes.

A PM informou que fazia patrulhamento pelo município, quando foi acionada à avenida para atender uma ocorrência de indivíduo atingido por disparo de arma de fogo. No local, os policiais se depararam com um indivíduo caído na calçada, ainda com vida, atingido com um disparo na cabeça. O local foi isolado pela PM e, na sequência, o Resgate foi acionado.

Dentro do Renault Clio, os policiais localizaram um segundo indivíduo, já em óbito, vitimado por um disparo de arma de fogo no braço e no tórax. Pouco tempo depois, um homem de 37 anos solicitou a PM, dizendo que estava em frente do hospital da Unimed e que havia baleado duas pessoas. A PM foi até o local e o deteve em posse de uma pistola Beretta calibre 765.

Questionado sobre o que havia ocorrido, o homem contou à PM que estava em um bar na rua Marechal Deodoro, no centro da cidade, onde conheceu os indivíduos. Posteriormente, eles lhe ofereceram carona na hora de ir embora. O homem disse que aceitou a carona, mas que não conhecia nenhum dos outros indivíduos no carro. Disse ainda que, durante o trajeto, dois dos homens tentaram extorqui-lo. Quando um dos homens, de 29 anos, que estava no banco traseiro, pediu para que os indivíduos parassem com aquilo, o condutor do Clio sacou a pistola e o alvejou. Nesse momento, o homem conta que tomou a arma da mão do condutor do veículo e disse que queria sair do veículo. Ao sair, um dos indivíduos, de 47 anos, correu até ele para pegá-lo, momento em que acabou alvejado na cabeça.

Mais tarde, outro indivíduo deu entrada na Santa Casa, também ferido. O outro fugiu. Já o atirador, que foi localizado em frente ao Hospital Unimed com a arma de fogo, ficou detido.

Rafael Fioravanti | [email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dez + 16 =