Distribuição de óculos para população carente começa terça

Foto: Divulgação

Clínica de Olhos faz consulta gratuita e encaminha para Central; inclusão também pode ser feita via Cras

A prefeitura começa nesta próxima terça-feira (17) a distribuição de óculos para a população de baixa renda. São 609 itens e processo de aquisição via projeto municipal, o Ver, com a última licitação concluída recentemente, após oito meses envolvendo todo processo de compra. A administração pública custeou armações e lentes por um total de pouco mais de R$ 244 mil.

Os óculos serão destinados às pessoas em situação de vulnerabilidade social e preferencialmente inseridas no Cadastro Único, do Governo Federal – é um grupo impossibilitado de aquisições com seus próprios recursos. O valor empenhado nesta semana na compra, de acordo com o orçamento disponível da Secretaria Municipal de Governo, é de quase R$ 180 mil – o valor final foi de R$ 244,350, válido por 12 meses.

DISTRIBUIÇÃO
Mais de 200 pessoas em vulnerabilidade social vão receber óculos numa primeira etapa, prevista para ser finalizada no início de setembro. A estimativa da prefeitura é atender, até o fim do ano, 470 pessoas. Os primeiros convocados serão os que já passaram pelo processo de seleção. Estes deverão apresentar suas receitas médicas e fazer a escolha das armações de acordo com a graduação e medição da lente. Feito isso, os óculos serão confeccionados, e assim que estiverem prontos, o beneficiário será avisado para retirada.

O critério de seleção obedece ao fluxo de atendimento: a pessoa passa pela Clínica de Olhos da Prefeitura para consulta oftalmológica e, ao declarar falta de condições para confecção dos óculos, é encaminhada para a Central de Projetos. Este departamento é responsável por avaliar as condições do pedido e checa a disponibilidade dos óculos na graduação solicitada.

“Caso a pessoa receba a receita, mas não manifeste a indisponibilidade de recursos no atendimento da Clínica de Olhos, ela pode ir até um Cras (Centro de Referência da Assistência Social) e apresentar sua demanda, que será encaminhada à Central de Projetos para avaliação. Depois disso, o próximo passo será o encaminhamento para a empresa ganhadora do certame, para apresentação da receita e consequente confecção dos óculos”, explica a assessoria da prefeitura.

PROJETO VER
Lançado no ano de 2007, o Ver tem como objetivo contribuir com a população em situação de vulnerabilidade social e econômica na aquisição de lentes corretivas (óculos) a partir de estudo socioeconômicos, mediante apresentação de documentação: RG, CPF, comprovante de residência no município, cartão SUS, comprovante de renda e receita médica preferencialmente da rede pública.

Cristiane Bonin
[email protected]

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

17 + dezoito =