Djokovic supera drama com lesão, vence em 5 sets e avança às oitavas em Melbourne

Foto: Reprodução Instagram

Atual número 1 do mundo, Novak Djokovic viveu momentos de apuros nesta sexta-feira, mas conseguiu avançar às oitavas de final do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada. O tenista sérvio teve de superar um drama por causa de uma torção no quadril no começo do terceiro set, quando vencia por 2 a 0, para derrotar o americano Taylor Fritz, cabeça de chave 27, por 3 a 2 – com parciais de 7/6 (7/1), 6/4, 3/6, 4/6 e 6/2, em 3 horas e 25 minutos.

Em quadra, tudo caminhava bem para Djokovic até sentir as dores no quadril durante o terceiro set. O sérvio foi atendido no vestiário logo após a contusão e teve a ajuda médica em diversas viradas de lado, com dificuldade para sacar e bater o forehand na parte final do jogo.

Segundo maior vencedor na história dos Grand Slam, Djokovic atingiu o 299.º triunfo na carreira – são 78 no torneio em Melbourne em 86 partidas – e assim tentará mais uma marca histórica neste domingo diante do canadense Milos Raonic, que mais superou o húngaro Marton Fucsovics por 3 sets a 1 – com parciais de 7/6 (7/2), 5/7, 6/2 e 6/2.

Djokovic ganhou todos os 11 duelos diante do canadense, dois deles no Aberto da Austrália sem perder um set sequer. Também levou a melhor em todas as sete partidas sobre pisos sintéticos. No total, Raonic tirou apenas três sets do sérvio até hoje.

Em outro momento inusitado do jogo, ao final do quinto game do quarto set, a organização forçou a retirada de todo o público presente na Arena Rod Laver, já que o governo do estado de Vitória determinou isolamento máximo a partir das 23h59 da sexta-feira local e, por quatro dias, não poderá haver venda de ingressos e torcida nas arquibancadas.

OUTROS RESULTADOS – Finalista no ano passado, Dominic Thiem deu mais um passo importante em busca do título inédito em Melbourne O número 3 do mundo venceu uma batalha de cinco sets contra o anfitrião Nick Kyrgios para garantir seu lugar nas oitavas de final. O austríaco começou atrás no placar e perdeu as duas primeiras parciais, mas conseguiu a virada com parciais de 4/6, 4/6, 6/3, 6/4 e 6/4.

Thiem terá agora mais um duelo complicado na próxima rodada do torneio. Seu adversário será o búlgaro Grigor Dimitrov, ex-Top 3 e atual 21.º do ranking da ATP, que enfrentou um combalido Pablo Carreño Busta e precisou disputar apenas sete games – contou com a desistência do espanhol depois de 38 minutos, quando vencia com 6/0 e 1/0.

Quem também não precisou se esforçar muito foi o alemão Alexander Zverev, que passou sem sustos pelo francês Andrian Mannarino por 3 sets a 0 – com parciais de 6/3, 6/3 e 6/1. Sexto pré-classificado, agora terá pela frente o sérvio Dusan Lajovic, cabeça de chave 23, que bateu de virada o espanhol Pedro Martinez por 3 a 1 – parciais de 6/7 (6/8), 7/5, 6/1 e 6/4.

Por fim, o tão esperado duelo entre os dois promissores canadenses Denis Shapovalov e Felix Auger-Aliassime foi definido em sets diretos. Aliassime, de 20 anos e número 19 do mundo, levou a melhor sobre o rival, um ano mais velho e 12.º do ranking, com as parciais de 7/5, 7/5 e 6/3. Seu próximo rival será o russo Aslan Karatsev, que veio do qualifying e foi o responsável pela eliminação do argentino Diego Schwartzman com um triplo 6/3.

Fonte: Agência Estado

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

16 − onze =