Dom Cláudio Hummes fala sobre Sínodo para a Amazônia

Em conferência na cidade, representante do Papa Francisco abordará tema de relevância nacional. (Foto: Divulgação)

Na quarta-feira (25), às 19h30, o relator-geral do Sínodo Geral dos Bispos para a Pan-Amazônia, cardeal dom Cláudio Hummes estará em Piracicaba para realizar a conferência “Sínodo para a Amazônia: novos caminhos para a Igreja”. O encontro será no Salão de Festa da Paróquia São Judas Tadeu (av. Independência 3747, no bairro dos Alemães), sob organização do Núcleo Diocesano de Ecologia Laudato Sì e pelo Curso Diocesano de Teologia. A participação é gratuita.

No dia 26, pela manhã, dom Claúdio falará sobre o mesmo tema em encontro fechado para o clero diocesano, durante reunião no Centro Diocesano de Formação, no bairro Nova Suíça.

Dom Cláudio foi nomeado pelo Papa Francisco como relator-geral do Sínodo Geral dos Bispos para a Pan-Amazônia, que acontecerá de 6 a 27 de outubro, em Roma. A Assembleia Sinodal ocorrerá após um longo período de preparação de toda a Igreja, por meio de consultas, fóruns, assembleias em níveis locais e internacionais, realizadas no decorrer de 2018 e no primeiro semestre deste ano. “A Assembleia Especial para a Pan-Amazônia é chamada a encontrar novos caminhos para fazer crescer o rosto amazônico da Igreja e também responder às situações de injustiça da região”, diz.

Arcebispo emérito da Arquidiocese de São Paulo, Dom Cláudio também é o atual presidente da Rede Eclesial Pan- -Amazônica, que congrega nove países: Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Peru, Venezuela, Suriname, Guiana e Guiana Francesa. É nesta região que está a Pan-Amazônia, importante fonte de oxigênio para toda a Terra, concentrando mais de um terço das florestas primárias do mundo. É uma das maiores reservas de biodiversidade do planeta, abrigando 20% da água doce não congelada.

Dom Cláudio lembra que a Assembleia Sinodal foi convocada pelo Papa Francisco, em 2017. “O Sínodo é um ‘caminhar juntos’, escutar, ser inclusivo, respeitar as diferenças e, juntos, nos iluminar uns aos outros”, respondeu o cardeal ao site do Vatican News. Para frei Marcelo Toyansk Silva Guimarães (OFMCap), animador diocesano do Núcleo de Ecologia Laudato Sì e Animador Nacional da Comissão Justiça, Paz e Integridade, da Criação dos Frades Capuchinhos do Brasil, receber Dom Cláudio na diocese, às vésperas do Sínodo, é uma oportunidade muito especial. “Tê-lo aqui será a oportunidade de sintonizamos e refletirmos este momento eclesial tão importante para a Igreja, que será aprofundado em Roma, em outubro. É Sínodo de toda Igreja, não somente da Amazônia”, ressalta o frei.

Da Redação