O pastor belga de malinois Eagle, da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) ajudou na localização de tijolos de maconha e um pedaço da mesma droga, que estavam escondidos dentro de uma casa de cachorro e em uma área verde, no bairro Javari 2, em Piracicaba, que ocorreu na manhã desta terça-feira (18). O homem que seria o responsável pelo entorpecente não foi localizado, mas ele será indiciado por tráfico de drogas.

De acordo com os investigadores, eles apuraram que um homem, que tinha alguns apelidos, estaria realizando tráfico de entorpecentes naquelas imediações. A equipe iniciou as investigações cabíveis e passou a realizar monitoramento do denunciado.

Durante os trabalhos velados, os policiais constataram que o suspeito entrava em uma área verde, localizada no final da rua em que reside, o que acabou levantando suspeitas da equipe.

O delegado Demétrios Gondim Coelho pediu na Justiça o mandado de busca e apreensão que foi cumprido na manhã de ontem, pelos investigadores, mas o suspeito não foi localizado.

Após as buscas no interior da residência com o cão de faro Eagle, pertencente à esta equipe, o malinois localizou um pedaço de tijolo de maconha escondido na casa do cachorro do acusado. No imóvel também foram localizadas embalagens plásticas e um facão, ambos com resquícios de maconha.

Já em buscas realizadas na área verde onde o indivíduo foi observado acessando, Eagle logrou encontrou um saco plástico contendo tijolos de maconha e uma balança de precisão. Foram realizadas buscas em vários locais frequentados pelo suspeito, mas ele não foi localizado. As investigações continuarão a ser realizadas pelos policiais da delegacia especializada na tentativa de localizar o suspeito. O entorpecente será encaminhado para análise do IC (Instituto de Criminalística).


Cristiani Azanha

[email protected]



DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezesseis − doze =