‘Eduardo e Mônica’ tem estreia nacional e pode ser conferido a partir de hoje nas telonas

Foto: Reprodução

Longa é o segundo inspirado nas canções do Legião

O filme ‘Eduardo e Mônica’, baseado em música homônima de Renato Russo (Legião Urbana), estreia hoje no Brasil e começa a rodar no Cine Araújo, Shopping Piracicaba, amanhã (quinta-feira) em duas sessões, às 17h e 19h20, com exibições diárias. Da mesma produtora que rodou ‘Faroeste Caboclo’ – outro grande clássico da banda de Brasília – o novo longa-metragem, classificado entre drama e comédia, traz Alice Braga como Mônica e Gabriel Leone interpretando Eduardo. Muito se especulou quem teria inspirado Renato Russo (1960-1996) a escrever a canção.

A célebre canção foi apresentada pela primeira vez em 1982, no álbum ‘O Trovador Solitário’, com apenas voz e violão. A versão mais conhecida é a regravação que aparece no álbum ‘Dois’, de 1986, com um final diferente. À época, o músico afirmava que vários amigos o ajudaram a criar Eduardo, como Philippe Seabra, André Pretorius, Dado Villa-Lobos e até ele mesmo, Renato, dizia ser Eduardo, só que menos bobo.

Só não havia dúvida sobre a inspiração para Mônica: sua grande amiga Leonice de Araújo Coimbra, ou apenas Leo Coimbra, casada com Fernando Coimbra, hoje embaixador do Brasil no México. Juntos há 42 anos, eles se tornaram a inspiração oficial para os personagens. Ambos conheceram Renato na década de 1980, em um centro acadêmico da Universidade de Brasília, onde Fernando estudava antropologia.

De imediato, ao escutar a música por telefone, Leo não se importou tanto com a história. Encontrou poucas semelhanças, mas, após oito anos da morte do artista, ela declarou que a letra apresenta a possibilidade de amor entre pessoas diferentes.

Cristiane Bonin
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

três × um =