Égua resgatada na Comunidade Esperança morre em Piracicaba

Foto: Claudinho Coradini/JP

A égua resgatada pelo Pelotão Ambiental da GCM na comunidade Esperança, em Piracicaba, na manhã desta terça-feira (12), não resistiu e faleceu no começo da noite. O resgate do animal foi um trabalho conjunto com equipes do Núcleo de Bem Estar Animal e Polícia Civil.

A equipe chegou ao local após uma denúncia ao Pelotão Ambiental. O informe dava conta de que o proprietário que o animal seria vítima de maus-tratos. No local, os guardas não detectaram sinais de maus-tratos no animal, mas uma cólica.

O coordenador do Núcleo de Bem Estar Animal da Prefeitura, o veterinário Matheus Ferreira dos Santos, também esteve no local. “Não há sinais de maus tratos, mas desconhecimento do tutor sobre a forma correta de medicar o animal”, comentou Santos.

O Disk Animais integra o Pelotão Ambiental da GCM e atende denúncias de animais de grande porte soltos em via pública ou de animais vítimas de maus-tratos, cuja constatação ou não é feita por médico veterinário. Os animais recolhidos ficam no recinto do Disk Animais, que tem um médico veterinário à disposição e três tratadores cedidos pela Sedema (Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente), além da equipe de guardas civis que atende as ocorrências.

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dois + 1 =