Eleitores de SP entre 30 e 44 anos são 31% do eleitorado, aponta TRE

Jovens de 17 anos, que votam de modo facultativo, totalizam 0,26% (89,770 mil) (Foto: Claudinho Coradini/JP)

Em todo o Estado de São Paulo, 31,12% do eleitorado (10,445 milhões) estão na faixa etária de 30 a 44 anos. Já os eleitores acima de 70 anos, para os quais o voto é facultativo, representam 9,77% (3,279 milhões) do eleitorado. Os jovens de 17 anos, que também votam de modo facultativo, totalizam 0,26% (89,770 mil). De acordo com os dados do TRE (Tribunal Regional eleitoral) no Estado de São Paulo, 33,565 milhões de eleitores estão aptos a votar nas eleições municipais deste ano.

O número, 2,69% maior que nas eleições 2016, representa 22,69% de todos os cerca de 148 milhões de brasileiros que poderão escolher prefeito, vice-prefeito e vereadores em novembro, neste ano.

O eleitorado feminino, segundo o órgão eleitoral, é a maioria no Estado: correspondem a 53% do total. Na Capital, esse percentual sobe um pouco: 54,1% são mulheres e 45,8%, homens.

Quanto ao grau de escolaridade, 30,43% (10,212 milhões) têm o ensino médio completo, 20,93% (7,026 milhões) completou o ensino fundamental e 14,38% (47,26%) possui curso superior.

Já 2,37% (796.837) se declararam analfabetos, público que não tem a obrigatoriedade de votar.

Segundo o TRE, os eleitores que afirmaram ter algum tipo de deficiência somam 1,23% (414.978) e aqueles que usarão o nome social nas urnas, direito conquistado em 2018, correspondem a menos de 1% do eleitorado (3.122).

O Congresso Nacional aprovou a PEC (proposta de emenda à Constituição) que altera as datas do calendário eleitoral deste ano em razão da pandemia do novo coronavírus.

O calendário inicial, definido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em dezembro do ano passado, previa o primeiro turno em 4 de outubro, e o segundo, em 25 de outubro.

A PEC aprovada pelo Congresso adia o primeiro turno para 15 de novembro, e o segundo, para 29 de novembro.