Em 1 mês, Diocese arrecada 9 ton de alimentos e 1.370 agasalhos

Entrega de Cesta na Comunidade Renascer, em Piracicaba

Maioria das doações ocorreu logo no início do mês de junho, justamente no feriado de Corpus Christi

As paróquias pertencentes à Diocese de Piracicaba arrecadaram, no mês de junho, cerca de nove toneladas de alimentos e 1.370 peças de agasalhos e cobertores. As doações foram feitas por fi éis para serem distribuídos aos moradores de rua, às comunidades e famílias carentes na região. De acordo com a Diocese, muitas doações ocorreram logo no início do mês, no Corpus Christi, feriado religioso que foi alterado em alguns municípios devido à pandemia e que afetou também as celebrações, apesar de cultos presenciais estarem liberados.

Na ocasião, o bispo dom Devair Araújo da Fonseca, orientou os padres de toda Diocese para que as solenidades ocorressem de forma a evitar aglomerações, mas que também se realizassem coletas de donativos para os pobres. As paróquias, então, se mobilizaram e celebraram o Corpus Christi de inúmeras maneiras criativas. Carreatas com o Santíssimo Sacramento substituíram a tradicional procissão com o ostensório em alguns lugares, os tapetes de serragem deram lugar a decorações feitas com os donativos em outros locais. Independentemente da forma, o resultado foi a arrecadação de centenas de cestas básicas em cada igreja para doação. A Diocese informou que cerca de 20 paróquias de Piracicaba, Rio Claro, São Pedro, Rio das Pedras, Santa Bárbara d’Oeste, Capivari, Santa Gertrudes e Águas de São Pedro conseguiram contabilizar e informar os resultados de suas coletas à Diocese após o Corpus Christi.

Muitas, inclusive, continuaram fazendo campanhas ao longo do mês. “Isso significa que as quantidades arrecadadas em junho ultrapassam as 9 toneladas de alimentos e 1.370 peças de roupas de inverno”, informou o órgão. Dom Devair tem ressaltado a importância de se manter as igrejas abertas, com celebrações realizadas de acordo com os protocolos sanitários. “A pandemia afetou muita gente. Muitos perderam seus empregos, famílias não têm o que comer e a quantidade de pessoas que procuram por uma ajuda nas igrejas aumentou. Por isso a caridade dos fi éis é tão importante”, afi rmou Dom Devair. Além da distribuição que cada paróquia faz, um exemplo de como são destinados os donativos recolhidos nas igrejas foi o repasse que algumas igrejas de Piracicaba fi zeram no mês de junho ao Exército de Formiguinhas. Foram entregues 160 cestas básicas ao projeto social que ajuda comunidades e famílias carentes da periferia da cidade. As doações foram feitas pelos párocos após pedido do Bispo.

Da Redação

Leia Mais:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

catorze + 19 =