Em 1 mês, taxa de ocupação em leitos de UTI covid-19 caiu 31%

Em 27 de março, a taxa de ocupação era de 101% e ontem, o indicador era de 70%, segundo o prefeito. (Foto: Alessandro Maschio/JP)

Um mês após a assinatura do decreto que implantou medidas mais restritivas no município no combate à covid-19 entre os dias 25 de março e 4 de abril, a Prefeitura de Piracicaba aponta reflexos positivos na redução da ocupação de vagas em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) destinados à doença. Em 27 de março, a taxa de ocupação era de 101% e ontem o indicador era de 70%, ou seja, houve queda de 31%, segundo a Secretaria de Saúde. De acordo com o prefeito Luciano Almeida, os índices colocariam Piracicaba, hoje, da Fase Laranja do Plano São Paulo de combate ao coronavírus, do Governo do Estado.

A evolução na redução da ocupação dos leitos de UTI covid-19 na cidade é expressiva, com quedas semanais consecutivas. De 27 de março a 2 de abril, o índice caiu de 101% para 89%; na segunda semana, até 9 de abril, foi para 84%; na terceira, até o dia 16, 81%; na quarta semana, (22 de abril), 71%, e até ontem, 70%.

“Tivemos de ser mais rígidos para restringir a circulação de pessoas e, consequentemente, o contágio, naquele momento, fi m de março, quando a ocupação dos leitos ultrapassou os 100%. Seguimos o travão emergencial com o apoio e esforço da população, dos empresários e comerciantes. A força-tarefa da prefeitura também intensifi cou fi scalizações para evitar aglomerações e festas clandestinas”, destacou o prefeito Luciano Almeida (DEM).

De acordo com o secretário de Saúde, Filemon Silvano, houve a ampliação significativa dos testes rápidos e de RT-PCR para detecção da covid-19 e, recentemente, foi lançado o projeto RespirAr, que consiste em oferecer, aos pacientes com sintomas de síndrome gripal, atendimento descentralizado nas 51 Unidades de Saúde da Família . Segundo ele, em uma semana de atendimento, o projeto RespirAr atendeu mais de 1.000 pessoas, com a detecção de 544 casos positivos da doença.

BOLETIM

Ontem (27) a Secretaria de Saúde anunciou mais três óbitos e 107 novos casos positivos de covid-19 na cidade, nas últimas 24 horas. Desde o início da pandemia são 832 mortes pela doença e 44.654 casos confi rmados. Há ainda 42.776 pessoas recuperadas e 1.046 em tratamento.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

quatro × cinco =