Em 5 meses, Região de Piracicaba arrecadou R$ 1 bi

Foto: JP

A arrecadação das receitas administradas pela Delegacia da Receita Federal em Piracicaba, que engloba 25 cidades da Região, atingiu em maio o valor de R$ 1,09 bilhão, registrando acréscimo real de 90% em relação a maio de 2020, quando foram arrecadados R$ 531,8 milhões. Já o total arrecadado, no Estado de São Paulo, em maio deste ano foi de R$ 61,55 bilhões, um aumento de 62,48% em relação a mesmo mês de 2020, quando foram arrecadados R$ 35,06 bilhões em todo o Estado.

De acordo com os dados da receita Federal, dos R$ 61,55 bilhões, R$ 47,50 bilhões correspondem à arrecadação fazendária e R$ 14,05 bilhões, à arrecadação previdenciária. A arrecadação do Estado respondeu por 44,63% da arrecadação nacional de receitas administradas pelo órgão.

Em todo o País, foram arrecadados R$ 137,93 bilhões em receitas administradas pela Receita Federal, acréscimo real de 67,65% em relação ao mesmo mês de 2020, quando foram arrecadados R$ 76,14 bilhões. No período acumulado de janeiro a maio de 2021, a arrecadação da Receita Federal no Estado de São Paulo alcançou o valor de R$ 319,34 bilhões, representando um acréscimo de 19,68% em relação ao mesmo período de 2020.

PRONAMPE
A Receita Federal publicou nesta quinta-feira, portaria que estabelece regras para o fornecimento de informações para fins de concessão de linhas de crédito a microempresas e empresas de pequeno porte, a serem contratadas no ano de 2021 por meio do Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte). Com a Instrução Normativa publicada, a Receita dará início, nesta segunda-feira (5), ao envio de comunicados a cerca de 4 milhões e meio de empresas que têm direito ao crédito.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro × 4 =