Em boa fase, Thiago Monteiro derrota eslovaco na estreia do Aberto da Austrália

Foto: Reprodução Instagram

Após um bom desempenho na semana passada com uma semifinal no ATP 250 em Melbourne, o tenista brasileiro Thiago Monteiro manteve a boa fase e conseguiu vencer em sua estreia no Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada. Nesta terça-feira, o número 1 do Brasil e 74 do mundo encarou o eslovaco Andrej Martin e o venceu por 3 sets a 0 – com parciais de 7/6 (8/6), 6/1 e 6/2, após 1 hora e 52 minutos.

“Foi uma ótima vitória, joguei firme e muito consistente. Menos no primeiro set, que o adversário teve um bom game de devolução, arriscou e quebrou quando eu saquei pro set. Mas me mantive forte mentalmente no tie-break e salvei dois set points, o que foi muito importante depois. Me deu confiança e consegui me soltar nos sets seguintes. Estou muito feliz pela primeira vitória aqui na Austrália, é sempre bom conseguir vitórias em Slams”, disse o brasileiro.

Monteiro terá agora um duro desafio pela frente na segunda rodada em Melbourne. Seu próximo rival será o russo Andrey Rublev, atual número 8 do ranking da ATP, que superou com facilidade o alemão Yannick Hanfmann também por 3 sets a 0 – parciais de 6/3, 6/3 e 6/4. Na semana passada, o tenista ajudou seu país a conquistar o título da ATP Cup ganhando todas as partidas de simples que disputou.

“Tenho mostrado realmente um nível técnico bem alto nestas últimas semanas”, comemorou Rublev, que tem 23 anos. “Acho que tudo é fruto do trabalho árduo que tenho feito”, simplificou o russo, que passou a maior parte do tempo treinando na Espanha na pré-temporada.

Com a boa campanha no ATP 250 da semana passada, Monteiro ganhou nove posições na atualização de segunda-feira do ranking e está agora no 74.º posto, sua mais alta classificação da carreira. Os 45 pontos somados com a vitória sobre Martin ainda não são suficientes para garantir nova ascensão.

Rublev será o terceiro adversário de nível Top 10 que o brasileiro cruzará na carreira. Ele venceu o francês Jo-Wilfried Tsonga, então nono melhor do mundo, na primeira rodada do Rio Open de 2016, e perdeu para o japonês Kei Nishikori, sétimo, na estreia de Wimbledon em 2019.

Além de simples, Monteiro também está na disputa de duplas. Ao lado do australiano John Millman, o brasileiro disputará a sua primeira chave de duplas de Grand Slam da carreira. “Foi o Millman que me convidou para jogar duplas, a gente tinha um ranking bom para entrar. É muito bom conseguir jogar, é mais jogo e mais ritmo. Me sinto muito bem fisicamente, então será uma experiência boa”, finalizou, contente com a oportunidade.

Além de Monteiro (nas simples e duplas), o Brasil conta com a participação de mais quatro tenistas no Aberto da Austrália – todos na chave de duplas. No masculino estão os mineiros Bruno Soares (que joga com o britânico Jamie Murray) e Marcelo Melo (que atuará com o romeno Horia Tecau) e o gaúcho Marcelo Demoliner (que tem como parceiro o mexicano Santiago Gonzalez). Já no feminino, o país será representado pela paulista Luisa Stefani, que joga com a americana Hayley Carter.

Fonte: Agência Estado

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

14 + oito =