Fato ocorreu no Teatro São José durante encontro religioso da Assembleia de Deus Ministério Madureira. /Foto: Reprodução.

Contrariando os decretos municipais e estaduais que reforçam o protocolo de segurança para evitar a transmissão do novo coronavírus, na última segunda-feira o prefeito Barjas Negri (PSDB) se mostrou na contramão do que tem defendido em suas redes sociais desde o início da pandemia de covid-19.

Acompanhado de apoiadores de sua campanha, com bandeiras e grito de guerra, a comitiva liderada pelo tucano entrou no salão principal do Teatro São José, onde centenas de pessoas participavam de um evento religioso.

Conforme as imagens de um vídeo que circula nas redes sociais, Barjas é acolhido pelo pastor Dilmo dos Santos, da Assembleia de Deus Ministério Madureira. Ele sobe ao palco para compor a mesa enquanto é ovacionado pelos apoiadores.

No vídeo é possível constatar que os participantes do evento não respeitam a distância segura de 1,5 metro. Ao chegar, o prefeito distribui apertos de mão e até abraços, atitudes que contrariam o período da pandemia. Entre os apertos de mãos o tucano não usa álcool em gel.

Barjas foi ao evento após o anúncio do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) sobre sua inelegibilidade para concorrer ao pleito.

A assessoria do tucano informou ontem que o evento foi organizado por apoiadores, com convite para 80 pessoas/ líderes. “Houve uma grande adesão devido ao crescimento da campanha nesta reta fi nal, principalmente após o debate pela TV”, informou em nota.

USO DE MÁSCARAS

Segundo a assessoria de Barjas, os coordenadores, fi zeram 112 kits com santinhos para entregar aos participantes do evento e todos foram orientados a usar máscaras no local.

A assessoria de imprensa do Teatro São José informou que o salão principal foi alugado, conforme contrato, para atividade denominada ‘reunião de pastores’. Segundo o teatro, consta em cláusula a necessidade de se atentar aos protocolos de segurança. De acordo com o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) a capacidade de lotação do espaço é de 1.800 pessoas .

O pastor Dilmo dos Santos foi procurado ontem para comentar o evento com aglomeração no teatro. Não houve retorno do religioso até o fechamento desta matéria.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três × um =