Em 5 dias, Piracicaba registra 12 mortes por covid-19

Cidade registrou duas mortes por covid-19 na quinta (28) | Foto: Amanda Vieira/JP

De domingo (24) até ontem, foram 12 pessoas mortes de covid-19 em Piracicaba, sedo 10 homens e duas mulheres. O número, expressivo para um período de apenas cinco dias, um dos maiores índices semanais que a cidade já registrou desde o início da pandemia, em março do ano passado.

Na quinta-feira, de acordo com o boletim divulgado pela SMS (Secretaria Municipal da Saúde), foram dois óbitos – dois homens, um de 34 e outro de 84 anos, depois de uma quarta-feira (27) sem óbitos – foi o único dia da semana sem mortes pela doença do novo coronavírus na cidade.

Anteriormente, na terça (26), morreram de covid-19 dois homens de 59 anos e uma mulher de 85 anos, enquanto na segunda (25) foram quatro óbitos em decorrência do vírus: uma mulher de 92 anos e três homens (de 77, 81 e 86 anos). No domingo (24), mais três homens (de 68 anos, 65 anos e 48 anos) perderam a luta contra a covid-19.

Com estes números, agora são 464 pessoas de Piracicaba que morreram por alguma complicação ocasionada pela covid-19. Ainda ontem, outro dado alarmante é a quantidade de novos casos confirmados: em um único dia, a secretaria da Saúde contabilizou mais 258 positivados, sendo 117 homens, com idades entre cinco e 84 anos, e 141 mulheres, de um a 83 anos.

Com o avanço do vírus no município, que já tem pessoas do grupo prioritário recebendo a primeira dose da vacina, o total de casos confirmados desde o início da pandemia chega a 30.258, ante 26.238 casos recuperados e 59.344 casos descartados. Como informa a Saúde, atualmente 3.188 casos estão em análise e existem 3.556 pessoas em tratamento, tanto em leitos de UTIs para covid-19 como confinados nas respectivas residências.

SÃO PAULO
De acordo com a última atualização do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde), às 18h de ontem, o estado de São Paulo chega a 1.740.070 milhão de casos confirmados e 52.481 mortes de covid-19. Somente na quinta-feira (28), 311 faleceram da doença e foram confirmados 14.776 novos positivados. A taxa de letalidade do estado é de 3%.

Erick Tedesco | [email protected]

Leia mais

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

15 + 20 =