Em Piracicaba, árbitro de futebol faz BO contra jogadores após ameaça e calúnia em campo

Caso foi registrado no Plantão Policial (Claudinho Coradini/JP)

Em Piracicaba, um árbitro da liga piracicabana de futebol registrou um boletim de ocorrência contra dois jogadores após sofrer ameaça e calúnia dentro de campo. Ele procurou a Polícia Civil do município nesta segunda-feira (25).

O árbitro informou que apitava um jogo de futebol do campeonato de veteranos da liga piracicabana, quando, ao apitar um lance, precisou expulsar um jogador que já possuía cartão amarelo. Foi aí que a discussão começou.

Um dos jogadores disse em voz alta para toda a equipe que o árbitro seria um “estuprador” e “pedófilo” que passava a mão em mulheres e que por isso tinha que morrer. Já outro jogador teria dito ao árbitro que ele “não sairia vivo dali”, que iria matá-lo e que “todos iam caçá-lo, onde quer que ele estivesse.”

Devido ao teor das ameaças, o árbitro registrou o ocorrido na súmula da partida e foi orientado pela própria liga a registrar um boletim de ocorrência.

A Polícia Civil do município registrou o boletim de ocorrência às 17h29 desta segunda-feira (25), como crime de ameaça e calúnia, conforme regem, respectivamente, os artigos 147 e 138 do Código Penal. O ocorrido também foi registrado como crime de vias de fato, incurso no artigo 21 da Lei das Contravenções Penais.

O caso agora será investigado.

Rafael Fioravanti / [email protected]

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

10 − sete =