Em quarentena, igreja vai fabricar máscaras para serem doadas

santos-últimos-dias-piracicaba Foto: Divulgação SUD Piracicaba

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em Piracicaba tem promovido atividades para que seus membros realizem em casa durante a quarentena. Entre elas a instituição visa começar, nesta semana, a produção de máscaras para doação, após recomendação do Ministério da Saúde (MS) de que toda a população use a proteção.

De acordo com o presidente da igreja na cidade, José Eduardo Buzatto Júnior, responsável pela região Estaca Piracicaba – que compreende bairros antes do rio como São Dimas, Terras de Piracicaba e Jardim Elite, as máscaras serão doadas para a comunidade e entidades que necessitem. “Estamos estudando montar linhas de produção na casa de nossas talentosas irmãs, mulheres da igreja, ou ainda usar um de nossos edifícios para montagem dessa linha de produção sempr respeitando todas as instruções de segurança devido ao Covid-19”, conta Buzatto.




Para colocar a iniciava em prática, membros da igreja discutiram, na noite de ontem (6), os últimos detalhes. “Há aí uma escassez de máscaras para nós nos protegermos e estamos nessa fase final de análise para lançar ainda essa semana esse projeto da produção de máscaras para serem doadas”, explica.

Durante a quarentena, os membros já têm participado também de atividades diversas em casa, como cursos e gincanas ou de cunho social.

Para ajudar as famílias carentes durante o isolamento social, a igreja distribuiu, em 13 de março, cestas básicas com suplementos para dois meses a membros necessitados. “[Os bispos] identificaram quais seriam as famílias que poderiam vir a ter falta de alimento. Então, em média, cinco a sete famílias foram ajudadas em cada uma dessas unidades. Como são seis unidades, foram aproximadamente 40 famílias ajudadas com o que nós chamamos ‘fundo de jejum’, que é um fundo exclusivo para ajudar os pobres e necessitados”, conta Buzatto.

Já pensando na questão econômica das famílias com as consequências da pandemia, a partir de hoje membros inscritos participam do curso on-line ‘Finanças Pessoais’, que, segundo o presidente, tem material desenvolvido pela igreja nos Estados Unidos em parceria com universidades. De acordo com Buzatto, foram 25 vagas preenchidas em menos de 48 horas.

Os jovens e familiares participam ainda da gincana para resgatar a genealogia de famílias brasileiras. Denominada “Indexação”, ela consiste no cadastro de registros de cartórios no banco de dados, da igreja. Desde 28 de março, segundo Buzatto, os aproximadamente 100 participantes já realizaram mais de 3.200 registros. “A ideia surgiu para que principalmente nossos jovens de 12 a 18 anos, que já estavam sem aula, para que eles pudessem ter um tempo produtivo dentro das suas casas”, explica o presidente.

Andressa Mota