Em uma semana, cidade registra 21 mortes a mais por covid-19

Foto: Claudinho Coradini/JP

Desde domingo até ontem, 46 pessoas morreram vitimas do novo coronavírus em Piracicaba

As mortes por covid-19 tiveram 21 óbitos a mais em Piracicaba no comparativo das duas últimas semanas. De acordo com os dados da Secretaria de Saúde do município, de 6 a 11 de junho (domingo a sexta-feira), foram registrados 25 óbitos pela doença. Do dia 13 até ontem, a pasta verificou 46 mortes. Já os casos confirmados de covid-19 apresentaram uma leve queda de 4,55% no período; na primeira semana foram 1.733 infectados ante os 1.654 de domingo até esta sexta-feira.

Ontem, o secretário de Filemon Silvano anunciou que, a partir da próxima terça-feira, a vacina contra a doença estará disponível para pessoas com idades acima de 43 anos.

Durante as duas últimas semanas Piracicaba manteve a taxa de ocupação da UTI (unidade de Terapia Intensiva) do SUS – Sistema Único de Saúde – se manteve acima dos 90%. Ontem, o percentual era de 98%, três pontos percentuais a menos que o dia anterior, quando não havia vaga nos leitos públicos.

Já o setor privado registrou 76% dos leitos intensivos ocupados. Com relação aos leitos de enfermaria, nesta sexta-feira, tanto os leitos públicos como os privados estiveram ocupados em 66%.

A Secretaria da Saúde de Piracicaba registrou ontem seis mortes por covid-19, sendo três homens de 34, 68 e 70 anos e três mulheres de 49, 74 e 96 anos de idade. A pasta anunciou 262 novos casos da doença, dos quais 127 eram homens com idades entre um a 90 anos e 135 mulheres com idades entre um a 96 anos. Com os registros desta sexta-feira, a cidade acumula 56.171 casos confirmados de covid-19, 1.679 casos suspeitos, 90.869 diagnósticos descartados, 52.606 casos recuperados e 2.481 pessoas em tratamento. Piracicaba tem 1.084 mortos por covid-19.

O Estado de São Paulo registrou ontem 3.552 milhões de casos de covid-19 durante toda a pandemia e 121.238 óbitos. Entre o total de casos, 3.150 milhões já estão recuperados, sendo que 374.016 foram internados e receberam alta hospitalar.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

4 − dois =