Emplacamento de carros novos tem queda de 12% em Piracicaba

De acordo com o Detran-SP em 2021 foram emplacados 2.014 veículos e no ano passado foram 2.288

O emplacamento de carros novos em Piracicaba apresentou uma queda de 12% no comparativo entre o primeiro trimestre deste ano com o mesmo período de 2020. De acordo com as informações do Detran-SP (Departamento Estadual de São Paulo), nos três primeiros meses de 2021 foram emitidos 2.014 registros de emplacamento de veículos zero quilômetro em Piracicaba ante os 2.288 documentos do ano passado.

Segundo o órgão, em todo 2020 foram emplacados 8.789 automóveis novos em Piracicaba. Segundo o Detran-SP, no período da pandemia de covid-19, entre março de 2020 e março de 2021, foram emitidos 764.252 registros de emplacamentos de veículos novos em todo o Estado de São Paulo. Desse total, 32.218 foram atendimentos presenciais. O emplacamento digital de veículos zero quilômetro, que começou a ser oferecido a partir de 27 de maio de 2020, é uma alternativa ágil e rápida para o cidadão, conforme destaca o Detran.

REGISTRO DE CARROS O KM

O registro e emplacamento digital de veículos novo deve ser realizado por meio dos canais digitais do órgão, contemplando todas as fases do processo: pagamento de taxa de primeiro registro, envio dos documentos, recolhimento do IPVA (Imposto de Propriedade de Veículos Automotores) impressão e download do CRLV-e (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo – digital). Para requisitar a abertura do serviço, é necessário que o proprietário do veículo realize o pagamento da taxa de primeiro registro, no valor de R$ 355,80, por intermédio do aplicativo do Banco do Brasil, Bradesco, Santander ou nas casas lotéricas, informando o CPF/CNPJ no instante em que fizer o recolhimento da taxa. Efetuada a operação junto à instituição financeira, a solicitação deve ser feita pelo site do Detran-SP (www.detran. sp.gov.br) na aba “registro de veículo 0KM”. Para isso, o proprietário deve ter em mãos as notas fiscais (fabricante e consumidor final), RG, CPF, comprovante de endereço, decalque do número do chassi e a taxa de primeiro registro recolhida. Todos os documentos deverão estar digitalizados para abertura do serviço on-line. O cidadão pode acompanhar sua solicitação pelo portal do Detran.SP.

Beto Silva

[email protected]

Leia Mais:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

5 × 3 =