Entidades produzem máscaras para distribuir à população carente

A recomendação do MS (Ministério da Saúde) é que toda a população use máscaras se precisar sair de casa conter a proliferação do novo coronavírus. Pensando naqueles que não têm acesso ao produto, entidades da cidade recebem doações e produzem máscaras para distribuir à população que mais precisa. Entre elas estão as campanhas da Casa do Hip Hop e da Associação de Moradores do Parque Piracicaba, que também recebem alimentos e produtos de higiene.


A mobilização das entidades têm gerado resultados e inspirado outras pessoas, como é o caso da estudante Maria Júlia da Cruz Caprecci, 20, e sua avó, Belmira Gomes da Cruz, 71. Elas têm aproveitado a quarentena para produzir máscaras que doarão à Casa do Hip Hop. Já costuraram cerca de 50, mas querem mais. “Faz uns quatro dias que estamos produzindo. Vimos que algumas pessoas estavam se organizando, arrecadando alimentos e ajudando da forma que podem”, lembra Júlia. “Como já havíamos feito algumas para a família e vizinhos, vimos que poderíamos produzir mais com o que temos em casa e contribuir da forma que podemos”.

Dona Belmira conta que sente-se bem por estar fazendo algo que considera importante, em especial porque há uma semana estava com problemas de saúde e agora pode ajudar o próximo. “É uma parceria que está dando muito certo, estou feliz em podermos trocar essas experiências”, pontua ao falar sobre como está sendo trabalhar ao lado da neta.

LEIA MAIS:

“A gente está tentando colaborar, mas o problema ainda é muito grande, devemos unir e contribuir. Para quem não tem como ajudar, apenas fique em casa”, aconselha Júlia.

A Casa do Hip Hop recebe as doações das máscaras, alimentos e produtos de higieneneste sábado (18) e no próximo 25, a partir das 10h, na rua Jaçanã Altair Pereira Guerrine, 188, no bairro Pauliceia. Caso o doador não possa se deslocar até lá, pode entrar em contato pelos telefones (19) 97421-0231, 99965-2352 e 99660-5616.

Para contribuir também na distribuição das máscaras, a Associação de Moradores do Parque Piracicaba ampliou a campanha de arrecadação de alimentos para também confeccinar máscaras. Costureiras do bairro serão as responsáveis pela produção e terão neste projeto uma ajuda para complementar a renda familiar. Objetivo é doar 3 mil máscaras.

A campanha da Associação é feita em parceria com a ONG Casvi (Centro de Apoio e Solidariaendade à Vida) e com o gabinete da deputada estadual professora Bebel (PT), que também vem arrecadando alimentos para doar às famílias carentes.

A população pode contribuir doando TNT, elástico 6 milímetros “ou até mesmo dinheiro para pagar as costureiras”, lembra o líder comunitário do Parque Piracicaba, Adalberto Brito. Os interessados em ajudar devem entrar em contato pelos telefones (19) 99425-0742 ou 98312-5028. “A gente faz todo contato pelo WhatsApp, doação por conta bancária, para evitar a circulação de pessoas”, explica o coordenador geral da Casvi, Anselmo Figueiredo.

De acordo com a assessoria de imprensa, a deputada irá ajudar com parte da quantidade que pagará a mão de obra das costureiras. “Recebi esse pedido da Adalberto […] e fiz questão de colaborar com este projeto de solidariedade ao próximo”, explica Bebel.

Andressa Mota

[email protected]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

13 + 18 =