Esalq tem professor nas preparatórias da COP-26

Foto: Gerhard Waller

Carlos Eduardo Pellegrino Cerri, professor do Departamento de Solos, da Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), estará hoje (quinta-feira) participando da conferência internacional “A Contribuição do Brasil e da Dinamarca para o Desafio da Oferta Alimentar Sustentável”. Ele foi convidado pela Embaixada do Brasil em Copenhage (Dinamarca) na condição de autoridade acadêmica especializada em pesquisa e desenvolvimento do agronegócio brasileiro, bem como no potencial de inovação e colaboração internacional nesse campo. A atividade é uma preparatória para o grande evento da ONU (Organização das Nações Unidas) sobre o clima, que acontece em Glasgow (Reino Unido) a partir do dia 1º de novembro.

A iniciativa tem como objetivo promover a imagem da sustentabilidade e da excelência da agropecuária brasileira, atrair investimentos para o setor no Brasil e iniciar diálogo visando a cooperação bilateral no desenvolvimento tecnológico e na inovação entre empresas (agritechs), universidades e centros de pesquisas.

Na capital dinamarquesa, Cerri falará sobre como as universidades e as agritechs brasileiras estão contribuindo com a ciência e a inovação para produção de alimentos sustentáveis. Seu maior foco será nas ações de redução das emissões de gases do efeito estufa e, também, no aumento do sequestro de carbono no solo.

“É uma satisfação representar a Esalq num fórum internacional como parte de uma reunião preparatória da reunião da ONU sobre Mudanças Climáticas, a COP-26”, ressaltou o pesquisador. A realização do evento conta, pelo lado brasileiro, com o apoio do Ministério das Relações Exteriores e da Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações).

Cristiane Bonin
[email protected]

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

três × 2 =