Escola da Vila Rezende não está com surto da doença

Não foi confirmada a denúncia de um possível surto de covid-19 na Escola Estadual Professora Abigail de Azevedo Grillo, localizada na Vila Rezende. A Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de Ensino do Estado de São Paulo) recebeu no início desta semana uma denúncia indicando que haveria um grande número de alunos e professores com a doença.

A vigilância sanitária também verificou a situação e descartou a hipótese de que muitos estariam com o vírus. Ontem, a Apeosp recebeu um comunicado da coordenação da escola informando que a unidade de ensino registrou dois casos de covid-19. “Está descartado qualquer surto da doença. Os dois casos são de professores que estão afastados de suas atividades escolares”, informou o sindicato por meio de nota.

De acordo com a coordenação da escola, a intenção era de suspender as aulas, enquanto era aguardado o resultado dos exames de outros suspeitos. No entanto, a vigilância sanitária, incumbida pelo governo estadual para analisar a situação, descartou essa possibilidade, realizando a sanitarização do espaço escolar. Os c a so s c o n f i r m a d o s de servidores e alunos são acompanhados por um sistema de informação estadual.

Cristiane Bonin

[email protected]

Leia Mais:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

três × 3 =