Escolas municipais têm média acima do Estado e do País

(Foto: Amanda Vieira/JP)

As escolas municipais de Piracicaba tiveram nota média de 6.8 no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) em 2019. O valor está acima da média nacional, que foi de 5.9, e da média do Estado de São Paulo, que foi de 6.7.

O indicador foi divulgado pelo Inep (MEC (Ministério da Educação) nesta terça-feira pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), do MEC (Ministério da Educação). Da rede municipal de Piracicaba, alunos de 4ª série e 5º ano de 42 escolas municipais foram avaliados. Duas delas tiveram índice acima de 8. A EM Maria Benedicta Pereira Penezzi registrou o Ideb mais alto: 8.2 e a EM Ilda Jenny Stolf Nogueira registrou 8 pontos no Ideb.

De acordo com os indicadores, 28 escolas já atingiram ou superaram o Ideb projetado para 2021 para a rede municipal de Piracicaba, que é de 6.7. Dezesseis escolas tiveram índice de 7 a 7.9, vinte escolas tiveram índice de 6 a 6.9 e quatro escolas tiveram notas 5.9, 5.8 e duas tiveram 5.6.

A secretária municipal de Educação, Angela Jorge Corrêa, entende que o Ideb das escolas municipais se manteve em um patamar que confirma o comprometimento das políticas públicas voltadas ao setor. “Pois, 28 das 42 escolas avaliadas já atingiram a meta projetada para 2021 em 2019 (67%) reforçando o compromisso com a qualidade da educação básica do município. Destaca-se também o avanço do Ideb em 31 das 42 escolas avaliadas (74%)”, disse.

VOLTA ÀS AULAS
As redes municipal e estadual de ensino devem ter possível retorno às aulas presenciais no dia 7 de outubro. A SME é a responsável pelo atendimento de alunos da educação infantil (0 a 5 anos) e ensino fundamental I (6 a 10 anos). No âmbito municipal, a retomada obedecerá a protocolos de acolhimento, sanitários e pedagógicos, que preveem ações que devem ser adotadas com crianças, pais e comunidade, funcionários, professores e gestores.