Estação da Paulista completa 100 anos e terá programação especial neste mês

Foto: Isabela Borghese

Espaço histórico faz aniversário em 29 de julho; serão diversas atividades culturais

Um dos principais símbolos históricos da cidade de Piracicaba, a Estação da Paulista completa 100 anos no dia 29 de julho. Para comemorar essa data importante, a Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural) preparou uma programação especial com diversas atividades culturais gratuitas e que durarão por todo o mês. As atrações iniciam nesta sexta-feira (1).

O aniversário integrará peças teatrais, exposição de fotos, orquestra, bandas (Guarda Civil, Sinfônica, Mississipi e União Operária), dança, exibição de vídeos (Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba, Museu Paulista e Museu da Imagem e do Som de Piracicaba), lançamento de livros, oficina, homenagens e gastronomia, com food trucks no espaço.

De acordo com diretor da Estação da Paulista, José Antônio Pereira Franco, a programação especial tem sido pensada desde janeiro deste ano e é uma forma de destacar a importância do espaço na história do município.

Atualmente, tombada e considerada um patrimônio histórico, a Estação da Paulista é mantida pela prefeitura. O espaço teve um papel fundamental para o desenvolvimento e a história do município, desde quando realmente funcionava como uma estação de trem e, até os dias de hoje, como um espaço aberto para atividades culturais: como os cursos de arte, espaço aberto para as manifestações culturais e função didática. Além de claro, abrigar o polo do Projeto Gui – programa de educação musical e de inclusão sociocultural da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

Também há a Estação Idoso “José Nassif”, voltada para atender as necessidades da população da terceira idade como atividades físicas, artesanato, lazer, troca de experiência e convivência. O espaço é ministrado pela Smads (Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social), em parceria com a Selam (Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Atividades Motoras).

HISTÓRIA DA ESTAÇÃO
Antes de ser tornar a Estação da Paulista, o terreno pertencia ao João Baptista da Rocha Conceição, médico e ex-vereador eleito em 1882, que mais tarde doou a terra. Com a ação, ainda no século 19, surgiu a primeira ideia de ligar uma linha entre a cidade de Piracicaba e Limeira. Mas, apenas saiu do papel em 1916, quando começou a ser construída pela extinta Companhia Paulista de Estradas de Ferro.

No ano de 1922, finalmente, a Estação da Paulista foi inaugurada em 29 de julho, após anos de espera do ramal construído pela Companhia Paulista. Antes levava o nome de Estação de Piracicaba Paulista para diferenciá-la da Estação Sorocabana, na época, situada no Centro.

Nos anos posteriores, diversas ideias de prolongamento da linha foram pensadas, mas nunca executadas. Em 20 de fevereiro de 1977, o tráfego de passageiros foi totalmente cortado, apenas manteve o de carga, no qual permaneceu funcionando até 1990. Pouco tempo depois, com a parada do cargueiro, a Estação da Paulista se viu obrigada a encerrar suas atividades e, então, fechar permanentemente.

Fernanda Rizzi
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

onze + dezesseis =