Reunião com pais de alunos aconteceu na tarde de ontem. (Foto: Divulgação)

Ontem, a diretoria regional de ensino de Piracicaba, se reuniu com grupo de pais de alunos da Escola Estadual “Afonso José Fioravante”, na Vila Monteiro, e a presidente da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), a deputada estadual Professora Bebel (PT), para discutir a junção crianças estudando com adolescentes, naquela unidade. Na oportunidade, o dirigente regional de ensino, Fábio Negreiros, se comprometeu a reabrir os estudos referente ao planejamento da unidade escolar para o próximo ano. Além disso, ele recebeu abaixo-assinado com 488 assinaturas de pais e alunos que não aceitam que o estabelecimento de ensino passe a receber, a partir do próximo ano, alunos do ciclo I do ensino fundamental básico.

No encontro, os pais relataram que a escola não tem estrutura adequada para receber alunos do ciclo I. Atualmente, a escola conta com alunos do 9º no ciclo II do ensino fundamental e do 1º ano do ensino médio, que estudam no período da manhã, enquanto que no período data tarde, a escola recebe alunos do 6º, 7º e 8º ano do ensino fundamental II. Para 2020, a escola passará a ter alunos também do 2º do ensino médio, conforme solicitação da própria comunidade escolar, além dos do EJA (Ensino de Jovens e Adultos). A Diretoria Regional de Ensino planejou receber alunos do 2º ano do ciclo básico I também em 2020, o que desagradou a pais de alunos, que alega que a escola não tem banheiros, nem salas de aula e muito menos estrutura para isso.

O planejamento da Diretoria de Ensino, conforme explicou Fábio Negreiros, seria de transferir três salas do 2º ano do ciclo I do ensino básico da Escola Estadual Augusto Saes para a Afonso José Fioravante. “Com esta posição dos pais, vamos avaliar esta nova situação e fazer as acomodações necessárias para tentar manter as crianças na Augusto Saes e realizar um planejamento ao longo de 2020, com algumas mudanças na Afonso José Fioravante para receber as crianças menores em 2021”, disse.

Da Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

catorze + 19 =