Estrutura funcional da Emdhap é questionada

Vereadora Rai de Almeida (PT) quer levantamento de funcionários concursados, comissionados e terceirizados. (Foto: Amanda Vieira/JP)

Solicitar do Executivo informações do sobre a composição da estrutura funcional da Emdhap (Empresa Municipal de Desenvolvimento Habitacional de Piracicaba), criada em novembro de 1990, com o objetivo de atender a demanda por habitação da população de baixa renda existente no município, evitando o crescimento e as novas formações de favelas, foi pauta do requerimento de autoria da parlamentar Rai de Almeida (PT), aprovado na 1ª reunião extraordinária de 2021, na tarde da última segunda-feira (8).

A preocupação da parlamentar é que a empresa está sucateada, perdendo suas características de existência, onde informações levantadas, informalmente apresentam dados de que atualmente a Emdhap é composta por sua grande maioria de estagiários e seus funcionários são quase que na totalidade servidores já aposentados.

Para Rai, há necessidade de novas moradias, considerando que neste local é que temos referência de habitação, regularizações fundiárias e dos programas Minha Casa Minha Vida.

No requerimento a parlamentar indaga qual é a estrutura funcional da Emdhap atualmente, como está distribuído o organograma dos setores, quais e quantos são os funcionários concursados, seus cargos, funções, salários e se são aposentados ou não, quais e quantos são os funcionários comissionados, suas funções e salários, quantos são os estagiários, relatando nomes e suas atividades, valores recebidos, quais setores estão alocados e quem são seus supervisores, quais e quantos são os funcionários terceirizados, relação de nomes e funções e quais os contratos que estão vinculados e quanto recebem para ocupar essas funções.

A parlamentar também requer a relação de contratos. E, se a Emdhap paga horas extras aos funcionários efetivos, e a relação de nomes dos que recebem valores mês a mês, no período de janeiro a dezembro de 2021. Além de outras informações.

Da Redação

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

3 + 5 =