Estudantes precisam regularizar o cartão de transporte público

Sistema tem mais de 15 mil estudantes cadastrados

Em caso de uso indevido do cartão, o mesmo será bloqueado automaticamente conforme previsão legal

A partir de agosto a Semuttran (Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, Trânsito e Transporte) vai realizar triagem nos cartões de estudantes que utilizam o transporte público coletivo de Piracicaba. Aqueles que não estiverem em conformidade, serão chamados para atualização de documentos. O sistema de transporte público coletivo tem mais de 15 mil estudantes cadastrados. Em caso de uso indevido do cartão, o mesmo será bloqueado automaticamente, conforme previsão legal.

O cartão dá direito ao estudante em desconto na tarifa, pagando R$ 2,35 e é de uso pessoal e intransferível. De acordo com o Departamento de Transporte Público da Semuttran, para ter direito ao benefício, o estudante deve estar regularmente matriculado em instituições de ensino em Piracicaba, estar cursando o 1° ou 2° grau (seja da rede pública de ensino ou instituição particular), curso superior de categoria livre ou credenciado pelo MEC (Ministério da Educação) e cursos técnicos credenciados pelo MEC/Sistec, conforme previsto no Decreto municipal 5.997 de 18 de janeiro de 1993. Também poderão ter direito ao benefício os estudantes de cursos de línguas (inglês, espanhol, etc.), desde que regularmente matriculados na respectiva instituição de ensino.

CADASTRO Para se cadastrar e ter o direito ao cartão, o estudante deve se dirigir até a Loja da TUPi, localizada na Praça do Terminal Central de Integração, que fica aberta de segunda à sexta-feira, das 08h às 17h e aos sábados, das 08h às 12h. E apresentar os seguintes documentos: – O estudante deve estar presente durante o cadastramento (não será admitido cadastro por terceiros); – Carteira de Identidade – RG e CPF (expedida pela Secretaria da Segurança Pública; original ou cópia autenticada ou o Protocolo do RG); – Comprovante de residência (exemplos: Contas de água, luz, telefone, boleto bancário); – Declaração Escolar/Atestado de Matrícula do mês/ano vigente, contendo comprovação de que o curso é reconhecido pelo MEC ou (Ministério da Educação), ou de curso superior de categoria livre, ou de estudante de línguas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800- 770-3553.

Da Redação

Leia Mais:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dezoito + 15 =