Família do Jupiá relata perigo em árvore que pode cair | Foto: Amanda Vieira/JP

O estrago dos sucessivos temporais na semana passada ainda é sentido por famílias de Piracicaba. É o caso da dona Aparecida Defavari, que mora no bairro Jupiá. As chuvas seguidas de ventanias há alguns dias prejudicaram a saúde de uma árvore que fica bem em frente a sua casa. Em contato com o Jornal de Piracicaba, a filha Ângela Defavari pede à Sedema (Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente) o corte imediato.

“Alguns galhos se soltaram do tronco e está perigoso. Alguns estão inclusive escorados no muro da casa da minha mãe, que é uma senhora de idade e fica apavorada com o barulho que faz a cada ventania”, conta Ângela. Segundo ela, a família teme que um novo temporal possa causar danos na estrutura da casa. “Minha mãe está muito assustada ainda”, revela.

A preocupação com a árvore, no entanto, não é de hoje, como relata Ângela. “Minha irmã Fátima, que cuida comigo da nossa mãe, já foi até a Prefeitura relatar o problema. Acionamos até mesmo a CPFL, porque tem galho encostado no fio elétrico”.

Em resposta à solicitação do JP, a Sedema informa que uma equipe técnica fará uma visita ao local citado “para avaliar a situação da árvore (condições fitossanitárias, sustentabilidade e outros aspectos) para, então, tomar as providências necessárias”. A árvore citada pela reportagem, informa a secretaria, será incluída na relação daquelas (com risco de queda) que passarão por vistoria técnica “o mais breve possível”.

No mesmo comunicado, a pasta destaca que se empenha, junto à Defesa Civil, o Corpo de Bombeiros e à CPFL Paulista, para restabelecer a situação de normalidade da cidade após os danos causados pelos temporais registrados na segunda-feira (16) e na quarta-feira (18) da semana passada. Somente nesses dois dias de temporal, a cidade registrou a queda de, pelo menos 160 árvores.

Erick Tedesco

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco + dezenove =