A queda no número de casos envolvendo pedestres foi de 18,9% e motociclistas de 13,9% (Crédito: Claudinho Coradini/JP)

O mês de fevereiro registrou o menor número de vítimas fatais no trânsito desde 2015. De acordo com o Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito), em fevereiro em todo o Estado, ocorreram 347 óbitos, redução de 7,5% na comparação com o mesmo período do ano passado. Em Piracicaba, o Infosiga mostra que em fevereiro deste ano ocorreram quatro óbitos, sendo que em 2018 foram registradas cinco mortes no trânsito. O município não registrou óbito de pedestre em fevereiro de 2019, ao contrário do ano interior, quando ocorreram duas mortes de pedestres.

Segundo o Infosiga, a queda nos óbitos foi influenciada pela redução acentuada de ocorrências envolvendo pedestres e motociclistas. Dos quatro óbitos ocorridos em fevereiro deste ano em Piracicaba, dois foram resultantes de colisões transversais entre automóveis – um homem de 72 anos e uma mulher de 70, na SP 304 (Rodovia Geraldo de Barros) no km171 -, uma colisão traseira entre motocicleta e caminhão – uma mulher de 18 anos, na SP 304 no km 166 – e uma colisão lateral entre motocicleta e automóvel, no Bairro Verde, com a morte de um condutor de 23 anos.

Em fevereiro do ano passado, as cinco mortes ocorridas no trânsito de Piracicaba foram: duas colisões laterais – uma de motocicleta com automóvel, com a morte de um condutor de 48 anos, na SP 304 no km 166 e uma com a morte de um condutor de 36 anos, na SP 135 (Rodovia Margarida da Graça Martins) no km 19 -, um choque de bicicleta com muro – morte de um condutor de 35 anos em Santa Teresinha -, e dois atropelamentos de pedestres – uma morte de pedestre de 55 anos provocada por motocicleta em Santa Teresinha e um óbito de pedestre de 63 anos provocado por automóvel na SP 304 no km 170.

ESTADO

As estatísticas do Infosiga mostram que as ocorrências nos 645 municípios do Estado, resultaram em 347 óbitos causados por acidentes em ruas e rodovias. Em fevereiro de 2018, os 645 municípios contabilizaram 375 mortes no trânsito. A queda no número de casos envolvendo pedestres foi de 18,9% e motociclistas de 13,9%).

O Infosiga também aponta redução dos índices em sete das 16 regiões administrativas do Estado e uma apresentou o mesmo número de 2018. A região de Campinas, a qual pertence Piracicaba, teve queda de 15%. A maior parte dos acidentes identificados aconteceu em vias municipais (52,6%), enquanto 47,4% foram em rodovias.

(Eliana Teixeira)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 × três =