Firmino marca no fim, Liverpool vence Tottenham e assume a liderança do Inglês

Foto: Reprodução Instagram

Em jogo de muitas oportunidades e de alto nível técnico, Liverpool e Tottenham fizeram nesta quarta-feira uma partida digna de times que brigam pela liderança do Campeonato Inglês. O atual campeão levou a melhor, por 2 a 1, graças ao gol de Roberto Firmino aos 44 minutos do segundo tempo. E assumiu a liderança da tabela.

O Liverpool chegou aos 28 pontos, contra 25 da equipe comandada por José Mourinho. O time de Jürgen Klopp aproveitou a segunda chance para alcançar a liderança, após empatar com o Fulham no fim de semana. Se tivesse vencido, já teria assumido no domingo o primeiro posto porque o Tottenham também empatara naquela rodada.

Com o triunfo desta quarta, diante de 2 mil torcedores no Anfield Road, o Liverpool ainda derrubou a invencibilidade de 11 jogos do Tottenham no Inglês. O time de Londres foi derrotado logo na estreia, mas depois vinha embalado na competição.

Com Matip ainda machucado, Klopp escalou a zaga do Liverpool nesta quarta com o brasileiro Fabinho e Rhys Williams. Na frente, o trio ofensivo teve Roberto Firmino, Mané e Salah. Sem surpresas, portanto, o time da casa dominou a posse de bola e tomava a iniciativa enquanto o Tottenham adotava sua estratégia típica neste Inglês, de atuar mais recuado, à espera do momento certo para contra-atacar.

Os dois times seguiram seus papeis à risca no primeiro tempo. No ataque, o Liverpool criou a primeira boa chance do jogo aos 10, quando Firmino cabeceou firme para o chão e Lloris caiu no canto para fazer boa defesa.

O domínio dos anfitriões se traduziu em gol aos 25, num lance improvável. Curtis Jones fez bela trama pela esquerda, entrou na área e acionou Salah, que bateu quase prensado e viu a bola desviar na zaga do Tottenham, subir, tocar na trave e encobrir Lloris. Na sequência, o mesmo Jones quase ampliou, em chute rasteiro de dentro da área, aos 28.

Só o Liverpool buscava o ataque. Até que o Tottenham decidiu avançar pela primeira vez na partida, apostando no contra-ataque, como era esperado. E exibiu incrível eficiência. Aos 32, Heung-Min Son disparou pela esquerda, em posição duvidosa, entrou na área e bateu no canto, sem chances para Alisson. O VAR checou o lance e o árbitro confirmou o gol.

Com o placar empatado, o Tottenham mudou sua estratégia no segundo tempo. Avançou sua marcação e partiu para o ataque, criando boas chances em série. Na melhor delas, aos 17, a bola sobrou para Bergwijn bater cruzado pela esquerda. Ele acertou a trave e assustou a pequena torcida do Liverpool presente no Anfield.

A esta altura do jogo, o time de Londres era o melhor em campo: envolvia a defesa do Liverpool e criava as chances mais perigosas. Do outro lado, em ritmo mais lento, o Liverpool demorou para reequilibrar o duelo. Quando o fez, ameaçou em jogada de Mané, que carimbou o travessão aos 27.

O duelo seguiu parelho e totalmente aberto até os 44 minutos do segundo tempo. Foi quando Robertson cobrou escanteio na área, da esquerda, e Firmino cabeceou firme para as redes, decretando a vitória dos anfitriões.

O gol confirmou o domínio do Liverpool durante a maior parte do jogo, incluindo nas estatísticas. Para efeito de comparação, o time da casa registrou 17 finalizações, contra oito do Tottenham, que terminou a partida com apenas 24% de posse de bola – contra 76% da equipe da casa.

EVERTON VENCE COM GOL BRASILEIRO – Com um gol de Richarlison, o Everton engatou a segunda vitória seguida no Campeonato Inglês ao derrotar o Leicester por 2 a 0 nesta quarta-feira, fora de casa, e voltou a se aproximar dos líderes da competição. O Arsenal tropeçou mais uma vez e o Leeds venceu de goleada.

Com o triunfo, o Everton, que vinha oscilando, chega a três jogos sem vencer e soma 23 pontos. O time do técnico italiano Carlo Ancelotti é o quinto colocado, atrás, além dos líderes, de Southampton e do próprio Leicester, que caiu para o quarto posto, com 24.

Após um início de jogo equilibrado e sem grandes oportunidades de gol, o Everton contou com o brilho de Richarlison para inaugurar o placar, aos 21 minutos da etapa inicial. O brasileiro recebeu na esquerda, cortou para o meio e arriscou rasteiro de fora da área. O goleiro Schmeichel até tocou na bola, mas não evitou o gol do atacante.

Atrás do placar, o Leicester teve mais posse de bola, mas careceu de criatividade e eficácia nas poucas vezes em que levou perigo. Além disso, apresentou problemas na defesa. Com isso, os visitantes aproveitaram e ampliaram aos 26 minutos do segundo tempo com Holgate. O lateral pegou rebote de Schmeichel, que fez duas grandes defesas na sequência, e mandou para as redes para definir a vitória.

MAIS UM TROPEÇO – O Arsenal não dá mostras de que vai conseguir colocar fim ao seu calvário na liga inglesa e acumulou mais um tropeço nesta quarta. O time londrino empatou com o Southampton, uma das surpresas positivas da competição, por 1 a 1, em casa.

Com o resultado, a equipe comandada por Mikel Arteta completou seis partidas sem vencer no torneio. Nesse período, sofreu quatro derrotas e obteve dois empates. O time de Londres soma 14 pontos e está na 15.ª colocação, próximo da zona de rebaixamento Já o Southampton está na terceira colocação, com 24 pontos.

Theo Walcott, que jogou por várias temporadas no Arsenal, foi responsável por abrir o placar aos 18 minutos da primeira etapa. Ele recebeu passe de Che Adams e tocou com muita categoria de pé direito na saída do goleiro Leno. Apesar da história no clube londrino, o atacante comemorou com efusão o seu gol.

Os donos da casa cresceram na volta do intervalo e chegaram ao empate com Aubameyang, aos sete minutos. O goleador recebeu de Nketiah e arrematou de pé direito no canto esquerdo do gol. Aos 17, Gabriel Magalhaes segurou a camisa de Walcott e parou o contra-ataque do adversário. Com isso, o defensor brasileiro levou o segundo cartão amarelo e foi expulso.

A expulsão afetou o Arsenal, que teve de se segurar com um a menos e quase sofreu o segundo gol. No lance, Romeu tocou para Redmond, que acertou um carrinho, mas a bola explodiu no travessão de Leno.

OUTROS JOGOS – O Leeds United fez 5 a 2 no Newcastle, em casa. Bamford, Rodrigo Moreno, Dallas, Alioski e Harrison marcaram na goleada do time do técnico Marcelo Bielsa, que subiu para o 13.º lugar, com 17 pontos e ultrapassou o próprio Newcastle, que caiu para o 14.º posto. Ainda nesta quarta, Fulham e Brighton empataram sem gols na casa do primeiro, enquanto West Ham e Crystal Palace ficaram no 1 a 1.

Fonte: Agência Estado

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

8 − 1 =