Fiscalização flagrou 72 veículos irregulares atuando na cidade

Passageiros têm o direito de viajar em condições seguras (Foto: Amanda Vieira/JP)

De janeiro a junho, equipes da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) fiscalizaram 377 veículos entre ônibus, micro-ônibus e vans que fazem o transporte intermunicipal em Piracicaba. A fiscalização do Sistema de Transporte Coletivo Intermunicipal de Passageiros percorreu terminais de ônibus e rodovias de 243 municípios paulistas para verificar as condições dos veículos e a qualidade das viagens oferecidas aos passageiros, segundo informou a agência. Em Piracicaba, as ações resultaram em 46 veículos autuados, 12 retidos e 14 notificações aplicadas no terminal rodoviário.

Entre as irregularidades encontradas estavam a falta de itens de segurança, falta de declaração de vistoria válida, circulação com passageiros em pé, não cumprimento de horários e procedimentos de limpeza e higienização internas dos veículos.

A Artesp informou que durante a pandemia da covid-19 e com restrições impostas pelo isolamento social, as operações de fiscalização foram intensificadas e direcionadas para regiões mais críticas, como forma de impedir o transporte irregular e garantir aos passageiros condições seguras em suas viagens no sistema regular. Os agentes também atuaram para garantir o cumprimento das orientações do Protocolo Temporário de Fiscalização do Transporte Intermunicipal de Passageiros, emitido pela agência no início da quarentena.

“O serviço de transporte coletivo intermunicipal cumpre papel fundamental para a mobilidade das pessoas. Durante a pandemia, nossa responsabilidade aumentou e, para garantir a segurança, o conforto e o bem-estar dos passageiros, estabelecemos um Protocolo Temporário de Fiscalização, que traz regras muito claras sobre a higienização dos veículos, a obrigatoriedade do uso de máscaras por todos nos ônibus e a necessidade de se garantir o distanciamento social adequado nas viagens. As fiscalizações têm sido ainda mais rigorosas e as penalidades às empresas que descumprem as normas, ainda mais eficazes”, afirmou o diretor de logística e procedimentos, Sebastião Ricardo Carvalho Martins.

NO ESTADO
Neste primeiro semestre, cerca de 197 terminais rodoviários receberam a atuação dos agentes. Dos 41.129 ônibus vistoriados no Estado, foram aplicadas 2.247 multas e 607 notificações por diferentes irregularidades, além de 340 veículos retirados do sistema.

Com apoio da Polícia Rodoviária, as equipes de fiscalização percorreram rodovias de 120 cidades para inspecionar os veículos durante o trajeto e transporte dos passageiros. Dos 5.367 ônibus, micro-ônibus e vans vistoriados, 914 foram autuados e 97 notificados. Outros 330 veículos foram retirados de circulação do sistema por fazerem transporte irregular.

Beto Silva