Flamboaiã e jequitibá brilham em concurso

Foto: Ivo Zution

Cenários na Esalq e no Parque do Mirante emolduram fotografias de árvores

Flamboaiã, jequitibá-rosa e sapucaia brilharam no concurso fotográfico Árvores de Pira Contando nossa História, com resultado divulgado ontem (quarta-feira). Promovido pela Sedema (Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente), na ordem citada e decrescente, as árvores ocuparam primeiro, segundo e terceiro lugar. O clique vencedor foi feito por Ivo Zution Gonçalves, fotógrafo amador que usou o contexto da paisagem da Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz). Para visualizar as fotos e ler os relatos, acesse: https://sedema.wixsite.com/sedema/arborizaourbana.

Segundo a assessoria da prefeitura, o concurso recebeu 74 imagens. Ficou em segundo lugar Aline Gibin, com o jequitibá localizado no Parque do Mirante, e, em terceiro, Helder Prado, com a clássica sapucaia da Praça da Paz. Outras dez imagens foram escolhidas para receber menção honrosa. A avaliação partiu do conjunto foto mais relato, levando em conta qualidade da imagem e a conexão com as informações do autor sobre a fotografia.

O júri foi composto pelos servidores da Sedema: Amanda de Arruda Silva e Torricelli, Nathália Guidotti das Neves Pereira, Giovanni Batista Campos, Elizabeth Nunes Salles, Clementina Rossin, Marianni Silva Amorim, João Vitor da Silva Tavares, José Carlos de Toledo Junior e Laís Ferraz de Camargo.

RELATOS
O primeiro colocado, Ivo Zution Gonçalves, retratou o famoso flamboaiã da Esalq na imagem intitulada “A Árvore da Esperança”. No relato, o autor descreve que o flamboaiã encanta a todos que vão até a Esalq estudar ou mesmo passear, e que seu reflexo no lago do prédio central enaltece ainda mais a árvore. Aline Gibin, que clicou no Mirante, conta que conhece a árvore desde pequena, quando passeava no parque com seus pais. “Já se passaram muitos anos e a árvore continua enorme e linda.”

MAIS CONCURSO
Para quem se interessa por fotografia, o 16º Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia está com inscrições abertas até 25 de outubro. Para entrar na disputa, acesse a aba ‘ Editais’ em ‘www.funarte.gov.br’. O prêmio é dirigido aos profissionais e pesquisadores da área: ao todo serão contemplados 50 projetos.

Cristiane Bonin
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

5 × cinco =